Cultura promove nova edição do Programa de Formação e Capacitação Artística

O programa oferece cursos e oficinas em cidades do interior do Estado

por Agência Minas 17/10/2012 16:15

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
A Secretaria de Estado de Cultura (SEC), por meio da Superintendência de Ação Cultural (SAC), em parceria com a Superintendência de Interiorização, promove nova edição do Programa de Formação e Capacitação Artística, no interior de Minas. O programa oferece cursos e oficinas cujo conteúdo foi acertado entre a SEC e seus respectivos núcleos regionais, mediante levantamento estratégico de demandas nessas cidades. Para consolidar essa ação como um programa de formação cultural, será levado o bloco de três oficinas na mesma cidade, na mesma data. As oficinas são de ‘Empreendedorismo Cultural’, ‘Canto Coral’ e ‘Prática Audiovisual’. O programa dessas oficinas será ministrado em localidades onde já exista alguma produção cultural em atividade. No caso da terceira oficina, é necessário que a cidade já tenha um histórico de ações na área audiovisual. Dessa forma, as cidades que receberão o programa são: Uberlândia, Capelinha, Montes Claros e Governador Valadares. As inscrições são gratuitas e o candidato deve preencher um formulário, disponível em www.cultura.mg.gov.br, ou no Núcleo de Interiorização da região que recebe as oficinas. Os interessados não precisam comprovar experiência, exceto para o curso de audiovisual, para o qual o participante deve ter um conhecimento prévio da prática, passando então por um processo seletivo. A superintendente de Ação Cultural da Secretaria de Estado de Cultura, Janaína Cunha Melo, ressalta a relevância da ação. “Esse programa de capacitação sublinha uma das premissas mais importantes da SEC, que consiste em estreitar laços com as cidades do interior de Minas, aproximando-as das políticas públicas, seja como consumidores de cultura ou como agentes culturais. É importante ressaltar, também, que é uma forma da Secretaria de Cultura responder às demandas regionais levantadas em seminários que vem sendo realizados nas macrorregiões”.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS