Pioneiro da fotografia brasileira, Geraldo de Barros ganha exposição especial na cidade

Voltada para os jovens, mostra oferece projeto educativo e ensina a reinventar a imagem

05/10/2012 08:33

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
(Fotos: Geraldo de Barros/Acervo)
Na década de 1940, Geraldo de Barros usou a fotografia como arte experimental (foto: (Fotos: Geraldo de Barros/Acervo))
A garotada merece. Até 4 de novembro, a Galeria de Arte GTO, no Sesc Palladium, expõe trabalhos de um dos artistas mais inquietos do país: o paulista Geraldo de Barros – fotógrafo, pintor, artista gráfico, designer de móveis e desenhista. A mostra Entre tantos: Geraldo de Barros  é destinada especialmente ao público infantojuvenil, que poderá conferir 36 fotografias e observar como o homenageado pesquisou e construiu suas imagens. Para a moçada criada nesta época de máquinas digitais e celulares, o artista ensina: fotografar não se limita a apertar botões. É preciso reinventar o olhar. No caso dele, isso se dava por meio do diálogo entre sua percepção como fotógrafo, o negativo e a ação sobre a película. Pioneiro, Geraldo já chamava a atenção do Brasil, na década de 1940, para as variadas possibilidades da linguagem fotográfica. Inicialmente, ele registrou jogos de futebol na periferia paulistana. Pouco depois, passou a interferir nos negativos – cortava, desenhava, pintava e mesclava imagens, conferindo novo sentido a elas. ARTE - EDUCAÇÃO Em BH, a equipe do projeto educativo do Sesc Palladium estará a postos para orientar escolas e instituições com o propósito de despertar em seus alunos tanto o interesse pelas dicas de Geraldo de Barros quanto por exposições de arte. As atividades também são direcionadas a famílias e a visitantes da Galeria GTO. O programa pedagógico também oferece oficinas gratuitas de fotogramas – técnica utilizada por Geraldo. Por sua vez, a mostra Em evidência – Possíveis desdobramentos se volta para professores e para a reflexão sobre como desenvolver atividades de arte-educação em galerias. Geraldo de barros Fotografia. Galeria GTO do Sesc Palladium. Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro, (31) 3279-1500. De terça-feira a domingo, das 9h às 21h. Até 4 de novembro. Memória O multiartista Nascido em Chavantes, no interior de São Paulo, Geraldo de Barros (1923-1998) estudou desenho e pintura com Clóvis Graciano, Yoshiya Takaoka e Colette Pujol. Em 1946, construiu a própria câmara fotográfica e passou usá-la em suas experimentações. Integrante do Grupo 15, construiu seu laboratório dentro do ateliê desse coletivo de artistas, instalado no Centro da capital paulista. Ao lado de Thomaz Farkas, Geraldo de Barros (foto) criou os cursos de fotografia do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS