Cia. do Silêncio estreia com a peça Dois sóis: lugar algum, sobre um triângulo amoroso

Marcel, Marco Túlio e Pauline participam de todas as etapas da montagem do espetáculo

por Mariana Peixoto 28/09/2012 09:21

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fernando Barbosa e Silva/Divulgação
(foto: Fernando Barbosa e Silva/Divulgação)
Companheiros do grupo Intervalo, Marco Túlio Zerlotini, Marcel Luiz e Pauline Braga viram-se órfãos depois da morte do diretor Ítalo Mudado, em junho de 2011. Como já vinham trabalhando juntos também fora do grupo, começaram, há cerca de um ano, a conversar sobre a possibilidade de montar sua própria companhia. No início do ano, começaram a trabalhar mais efetivamente e fazem hoje, no Teatro Sesi Holcim, sua estreia. Com a montagem Dois sóis: lugar algum, o trio lança seu próprio grupo, a Cia. do Silêncio. 
Além de juntos em cena, os três se dividem em outras funções. O texto é de Marco Túlio, que ainda faz a iluminação. Marcel dirige, como também assina o cenário. Já Pauline criou os figurinos. “A gente está funcionando como uma trupe. Como não temos lei de incentivo, trabalhamos com financiamento coletivo, então tivemos que nos desdobrar”, conta Marcel. Por meio da plataforma virtual Catarse, que funciona no esquema do crowdfunding, arrecadaram em torno de R$ 6 mil, que bancaram parte da produção. 
A história gira em torno de um triângulo amoroso. “São dois irmãos que se apaixonam por uma menina e a levam para dentro de casa. Ainda que a ideia desse tipo de relação seja mais urbana, na peça a história é passada no interior do Brasil. São pessoas mais simples, que não têm maleabilidade para lidar com a emoção”, continua Marcel. O nome com que o grupo foi batizado não é gratuito. “O texto é extremamente cinematográfico, com diálogos curtos e precisos. Quisemos dar na peça a ideia que o silêncio tem para o cinema. Ele tem mais do que a função de passar o tempo. O silêncio é quase um quarto personagem em cena”, conclui. 
 
DOIS SÓIS: LUGAR ALGUM
Montagem de estreia da Cia. do Silêncio. Apresentações sexta-feira e sábado, 21h; domingo, 19h, no Teatro Sesi Holcim, Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, (31) 3214-5350. Temporada até 7 de outubro. De 12 a 21 de outubro o espetáculo ficará em cartaz, nos mesmos dias e horários, no Teatro de Bolso Júlio Mackenzie – Sesc Palladium, Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro, (31) 3214-5350. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia). 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS