Maria Márcia Franco Gomes apresenta a exposição Flores da Serra do Espinhaço

Artista pesquisou a flora mineira e expõe na Passarela Cultural da Biblioteca Pública Luiz de Bessa

por Walter Sebastião 04/09/2012 09:56

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
(foto: Divulgação)
A partir desta terça-feira, Maria Márcia Franco Gomes apresenta a exposição Flores da Serra do Espinhaço na Passarela Cultural da Biblioteca Pública Luiz de Bessa. A artista exibe 12 desenhos de espécies nativas de campos rupestres com altitude superior a 1 mil metros.
“A partir dessa altura, encontramos as flores mais raras, ameaçadas de extinção”, conta Márcia. O desaparecimento delas, sobretudo de bromélias e orquídeas, deve-se à degradação do meio ambiente e ao fato de mudas serem arrancadas e comercializadas.
Márcia faz sua segunda exposição individual. A primeira mostrou exemplares da flora da Serra do Cipó. Formada pela Escola Guignard, ela concluiu recentemente o mestrado em artes visuais na Escola de Belas-Artes da UFMG.
Antes de desenhar, a artista faz pesquisa completa sobre suas “modelos”. Isso inclui caminhadas para encontrar as plantas e fotografá-las. “Não é a criatividade que está em jogo nesses trabalhos, mas a observação minuciosa e cuidadosa. O realismo científico não desfaz a dimensão sensível da pintura”, afirma Márcia.
As espécies documentadas foram encontradas em regiões próximas a Diamantina e Santana de Riacho, na Reserva de Proteção Particular Nacional Brumas do Espinhaço. Márcia gostaria que sua exposição colaborasse tanto para informar a respeito de belas plantas ameaçadas quanto incentivar a proteção dos campos rupestres.
A artista convida adeptos do ecoturismo para conferir o seu trabalho. “Essas imagens incentivam as pessoas a terem mais cuidado durante os passeios”, conclui.
 
FLORES DA SERRA DO ESPINHAÇO
Desenhos de Maria Márcia Franco Gomes. Passarela Cultural da Biblioteca Pública Luiz de Bessa, Rua da Bahia, 1.889, 2º piso, Funcionários. De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h; sábado, das 8h às 12h. Até dia 28. 
Entrada franca. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS