Exposição fotográfica revela olhar de Guto Muniz sobre o teatro feito em Minas

Fotógrafo apaixonado pelas artes cênicas disponibiliza arquivo com imagens produzidas nos últimos 30 anos

por Mariana Peixoto 14/08/2012 09:15

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Erno Alves/divulgação
Guto Muniz registrou espetáculos apresentados desde a década de 1980 em BH (foto: Erno Alves/divulgação)
 
Recém-chegado ao curso de publicidade e propaganda da PUC Minas, Guto Muniz fez a disciplina de teatro. Nunca teve ligação com as artes cênicas, mas se apaixonou de cara – inclusive, formou um grupo amador com colegas. No semestre seguinte, estudou fotografia. Outra paixão à primeira vista. Em 1987, foi assistir a Antígona, da extinta companhia Sonho e Drama, de Cida Falabella, e resolveu fotografar a peça. Foi assim que se deu o batismo do fotógrafo na área. 
 

Vinte e cinco anos mais tarde, Muniz reúne toda a sua carreira no site Foco in cena (www.focoincena.com.br), com amplo acervo referente às artes cênicas em Minas. O projeto entra no ar no próximo domingo, 19 de agosto. Ele abre exposição com 120 imagens no Memorial Minas Gerais nesta terça-feira, 14 de agosto, para convidados, e a partir da quarta-feira, 15, para o público em geral.

“Tenho todas as fotos guardadas. As que estavam em filme passaram pelo processo de digitalização. Já o material mais recente, em digital, estava mais organizado. A partir daí, comecei a montar o site. Como desde o começo tenho o hábito de colecionar programas de espetáculos, as fotos serão acompanhadas de sinopses e fichas técnicas das montagens”, conta Muniz. O acervo traz registros dos festivais FIT, de Bonecos e de Circo, bem como de espetáculos de grupos como Galpão, 1º Ato, ZAP 18 e Mimulus.

Num primeiro momento, serão disponibilizadas 5 mil fotos de 400 montagens. Outros 400 espetáculos entrarão posteriormente no site. “Futuramente, vou abrir espaço para os fotógrafos que trabalharam comigo em festivais”, informa.

Para Guto Muniz, mais que técnica, a boa fotografia de um espetáculo deve ter sensibilidade. “O fotógrafo tem que captar a essência do que está assistindo. Isso só ocorre se ele estiver mais envolvido com o espetáculo do que com a fotografia. Vejo muitas fotos esteticamente bonitas, mas sem alma.”
 
Guto Muniz/divulgação
Cena de Romeu e Julieta, clássico do Grupo Galpão, fotografada por Guto Muniz (foto: Guto Muniz/divulgação)
 
Para ele, cada caso é um caso. “Foto em teatro é de um jeito, em espaço alternativo de outro. Os espetáculos mais difíceis de fotografar, com baixa iluminação, por exemplo, por vezes são os mais gostosos, pois representam um desafio. A questão maior é manter a concentração o tempo inteiro. Ele não pode ficar preocupado com o que está fotografando, mas com o espetáculo”, conclui. 
 
FOCO IN CENA
Exposição de fotos de Guto Muniz. A partir de amanhã, no Memorial Minas Gerais. Praça da Liberdade, esquina com Rua Gonçalves Dias, Funcionários, (31) 3343-7317. O espaço funciona aos domingos, das 10h às 16h; sábados, terças, quartas e sextas-feiras, das 10h às 18h; e quintas-feiras, das 10h às 22h. Entrada franca. O site Foco in cena estará no ar, a partir de domingo, no endereço www.focoincena.com.br  


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS