Com cena de perseguição, PT e ''Japonês da Federal'', filme sobre a Lava-Jato ganha primeiro trailer

Com roteiro baseado nas fases iniciais da operação, Polícia Federal - A lei é para todos chegará aos cinemas em setembro

por Estado de Minas 11/07/2017 08:50

Downtown Filmes / Reprodução
Trailer mostra prisão do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, interpretado por Roney Facchini (foto: Downtown Filmes / Reprodução )
O filme Polícia Federal - A lei é para todos, que pretende contar a origem da Operação Lava-Jato nos cinemas, teve seu primeiro trailer divulgado nessa segunda-feira (10/7). O vídeo revela um pouco mais do enredo do longa que reunirá vários personagens da vida real em sua trama, inspirada nas primeiras fases da força tarefa.

 

O vídeo revela cenas de ação e perseguição, referentes ao episódio inicial de toda investigação que abalou a política brasileira, quando um carregamento de cocaína foi interceptado no Paraná, em 2014, mostrando como ela chegou a grandes figuras da política e do empresariado nacional.

 

As prisões do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, também estão no trailer, assim como outras cenas que remetem aos bastidores do processo. Flávia Alessandra e Antônio Calloni assumem papeis de delegados da PF, com nomes fictícios, embora inspirados em figuras reais.

 

Diálogos que abordam parcialidade da Lava-Jato também aparecem. Em uma das cenas, o personagem de Calloni, que interpreta o delegado Ivan Romano (uma representação do delegado Igor Romário de Paula) é perguntado por uma jornalista se eles estavam “tentando destruir o PT”. “Não estamos investigando o partido, estamos investigando os fatos”, ele responde.

 

Em outro momento, o oficial interpretado por Bruce Gomlevsky ouve do próprio pai que “vocês estão sendo seletivos!”. O policial se defende dizendo: “Quem cai na nossa mão é investigado, até parece que eu não votei neles também, fiz campanha”, sem citar o nome de nenhum partido. Confira:

 

 

Dirigido por Marcelo Antunez, o filme tem o roteiro baseado no início da operação, mostrando como as investigações se estruturaram, como eram os bastidores e quais foram seus desdobramentos até a condução coercitiva do ex-presidente Lula, em março de 2016.

 

O líder petista é interpretado por Ary Fontoura no filme, enquanto o juiz Sérgio Moro, que aparece no trailer, ao contrário de Lula, é o papel de Marcelo Serrado. O oficial que ficou conhecido como "Japonês da Federal" também está representado em uma das imagens do vídeo.

 

Polícia Federal - A lei é para todos não fez uso de recursos públicos destinos à cultura para ser produzido. No entanto, o longa contou com o aporte financeiro de um investidor que pediu para não ser revelado. A estreia nos cinemas está marcada para o dia 7 de setembro.  

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA