Otto Guerra será homenageado no 45º Festival de Cinema de Gramado

Com o troféu Eduardo Abelin, diretor gaúcho terá os mais de 40 anos de carreira celebrados pelo evento

por Correio Braziliense 28/06/2017 09:15
Youtube/Reprodução
Otto esteve pela primeira vez no Festival em 1984, com 'O natal do burrinho' (foto: Youtube/Reprodução)
Em comemoração aos 45 anos de premiações, o Festival de Cinema de Gramado presta homenagem ao diretor Otto Guerra, um dos maiores cineatas de animação do país e incentivador do evento. Com o troféu Eduardo Abelin, Guerra celebra as quatro décadas de carreira no Palácio dos Festivais, em 19 de agosto, durante o festival, realizado na serra gaúcha.

Desde os 18 anos de idade, Otto Guerra estava convicto em seguir carreira profissional como cineasta e animador. Com várias passagens por Gramado, Guerra esteve pela primeira vez no festival em 1984 com a produção O Natal do burrinho, que o rendeu o prêmio de melhor filme na mostra gaúcha de curtas.

A partir daí o cineasta teve trabalhos premiados em outras edições do evento. A mais recente delas foi em 2013, com o longa Até que a esbórnia nos separe, o qual ganhou nas categorias de melhor filme pelo júri popular e direção de arte. Guerra se destacou também pelas produções Nave mãe, Novela, O reino azul e As cobras.

O trófeu Eduardo Abelin, que pertencerá a Otto, foi criado em 2003 e já homenageou, em últimas edições, nomes como José Mojica Marins, Zelito Viana, Walter Carvalho e Arnaldo Jabor.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA