Versão de 'Branca de Neve' é acusada de 'gordofobia'

A animação sul-coreana 'Red Shoes & the 7 dwarfs' transforma a protagonista em gorda como espécie de castigo

por Diário de Pernambuco 31/05/2017 15:18

YouTube/Reprodução
Animação trata obesidade como sinônimo de ser feio, ao transformar a protagonista em espécie de "castigo" (foto: YouTube/Reprodução)
Baseada no clássico conto da Branca de Neve e os sete anões, uma animação sul coreana está sendo acusada de gordofobia. Dirigido por Sung Ho Hong, o filme Red Shoes & the 7 dwarfs conta a história de uma princesa que se torna alvo de uma maldição. No enredo, porém, o "castigo" seria ficar gorda. No material de divulgação do filme é levantado o questionamento: "E se a Branca de neve não fosse tão bonita, e os sete anões não fossem tão baixinhos?", mostrando imagens da Branca de Neve em versões antes e depois do feitiço.


Conhecida por seu ativismo contra a gordofobia e representante da moda plus size, a modelo norte-americana Tess Holliday se posicionou contra a abordagem da obra, em suas redes sociais. "Como essa peça foi aprovada por uma equipe de marketing? Por que é tranquilo comunicar para crianças que ser gorda é sinônimo de ser feia?", criticou no Twitter.

Holliday questionou ainda a participação da atriz Chloë Grace Moretz, que empresta a voz à personagem, no projeto. Na página oficial do filme, a protagonista de Red Shoes & the 7 dwarfs é descrita como "uma princesa que não se encaixa no mundo de celebridades, ou em seu próprio vestido", mas que "quer manter sua verdade e ser aceita pelo o que é".

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA