Cannes anuncia filmes que disputam a Palma de Ouro; Curta brasileiro é selecionado

Festival acontecem entre os dias 17 e 28 de maio

por Estado de Minas 13/04/2017 10:11

Pierre Lescure, presidente do festival, e Thierry Frémaux, delegado geral, apresentaram na manhã desta quinta (13) os filmes da seleção oficial da 70ª edição do Festival de Cannes que decorrerá entre 17 e 28 de maio.


AFP/Divulgação
Filme de Sofia Coppola, O Enganado (The Beguiled), que concorre à Palma de Ouro (foto: AFP/Divulgação)

Dos 1.930 filmes que se candidataram, a organização escolheu 18 para a competição oficial, a que se juntam quatro longas-metragem fora de competição e três sessões da meia-noite. Na secção paralela "Un Certain Regard", foram anunciadas 16 obras. Como sempre, o alinhamento ainda não está fechado e será de esperar um ou outro "retoque", como disse Fremaut, sob a forma de mais filmes.

Este ano, a abertura ficará a cargo de "Les Fantômes D’Ismaël", de Arnaud Desplechin, exibido fora de competição. Mathieu Amalric, Marion Cotillard, Charlotte Gainsbourg e Louis Garrel, interpretam a história de um cineasta que vê a vida virada do avesso pelo reaparecimento de uma antiga namorada na véspera do início de rodagem do seu novo filme.

O cineasta espanhol Pedro Almodovár presidirá ao júri da competição oficial, responsável por atribuir a Palma de Ouro e os restantes prémios principais.

Quanto às propostas e cineastas na corrida à Palma de Ouro, é marcante a presença de Michael Haneke, com "Happy End", um olhar sobre a vida de uma família que vive em Calais, perto dos campos de refugiados. O austríaco é o único realizador ainda em atividade com hipóteses de vencer uma terceira Palma de Ouro, após "Laço Branco" e "Amor".

Com cinco presenças no festival, Lynne Ramsay regressa às longas metragens seis anos após "Temos de Falar Sobre Kevin" para acompanhar os esforços de um antigo militar que pretende ajudar uma jovem vítima do tráfico sexual em "You Were Never Really Here".

Vencedor do prémio do júri em 2015 com "A Lagosta", o grego Yorgos Lanthimos repete a presença com "The Killing of a Sacred Deer" um drama familiar onde dirige Nicole Kidman, Alicia Silverstone e Colin Farrell.

As produções norte-americanas preenchem quatro lugares da principal secção competitiva. "Good Time", de Benny Safdie e Josh Safdie, uma drama que acompanha um ladrão de bancos, protagonizado por Jennifer Jason Leigh e Robert Pattinson; "The Beguiled", de Sofia Coppola, nova versão da história de um soldado ferido durante a Guerra Civil Americana que é tratado num internato para raparigas atrás das linhas do inimigo; "Wonderstruck", de Todd Haynes; e "The Meyerowitz Stories", de Noah Baumbach.

Entre os franceses, estão presentes "Redoutable", de Michel Hazanivicius, vencedor de um Oscar em 2012 por "O Artista", que apresenta a historia dos amores (e ódios) de Jean-Luc Godard pela jovem atriz Anne Wiazemsky, com quem viria a casar; "L'amant Double", de François Ozon, com Jacqueline Bisset, Marine Vacth e Jérémie Renier; "Rodin", de Jacques Doillon; e "120 Battements Par Minute", de Robin Campillo.

Novidades
Entre as novidades absolutas da edição deste ano destacam-se a apresentação de "Carne y Arena", do oscarizado Alejandro G. Iñárritu, a primeira presença de uma obra feita com recurso à nova tecnologia de Realidade Virtual.

Importante regresso de  Al Gore com a continuação do documentário "Uma Verdade Inconveniente". Em "An Inconvenient Sequel", o antigo vice-presidente dos Estados Unidos prossegue as sua viagens pelo mundo num esforço para convencer autoridades, políticos e o grande público da tragédia provocada pelas alterações climáticas.

A transferência de talento do cinema para a televisão também não passou despercebida à organização. A única mulher a vencer uma Palma de Ouro em Cannes, a neozelandesa Jane Campion (O Piano) estará presente com a segunda temporada da sua série de mistério "Top of the Lake" com o subtítulo "China Girl", dirigida a meias com Garth Davis (Lion - A Longa Estrada Para Casa).

Outra estreia, a entrada da Netflix pela porta grande. A plataforma de conteúdos online, terá "Okja" longa-metragem de Bong Joon-ho na principal secção competitiva.

Os 70 anos do festival serão assinalados com um alinhamento especial de filmes e documentário relacionados com a história do certame francês. Fremaut fez ainda questão de assinalar o aumento na diversidade com 29 países presentes na secção oficial - mais dois do que no ano passado; e a presença de 12 realizadoras e 9 primeiras obras.

 

Brasil

O comitê de seleção da 70º edição do Festival de Cannes divulgou também a lista dos curtas-metragens que disputam a Palma de Ouro e dos filmes da seleção Cinéfondation. Entre eles, uma obra brasileira selecionada: Vazio do lado de fora, do diretor Eduardo Brandão Pinto.

Realizado pela Universidade Federal Fluminense, o curta-metragem foi um dos selecionados para participar da mostra paralela competitiva Cinéfondation, dedicada à exibição de obras universitárias. Na disputa, há um único adversário latino-americano, o argentino Pequeño manifesto en contra del Cine Solemne.

Foram mais de 4.800 cineastas de todo o mundo concorrendo com curtas-metragens, na esperança de serem selecionados para o festival. Neste ano, o júri da Cinéfondation e da competição oficial de curtas será presidido por Cristian Mungiu, diretor do aclamado longa 4 meses, 3 semanas e 2 dias (2007), vencedor da Palma de Ouro.

 

 

 

70ª edição do Festival de Cannes - Seleção Oficial

COMPETIÇÃO

Nelyubov (Loveless), Andrey Zvyagintsev
Good Time, Benny Safdie e Josh Safdie
You Were Never Really Here, Lynne Ramsay
Le Redoutable, Michel Hazanevicius
Geu-hu (The Day After), Hong Sangsoo
Hikari (Radiance), Naomi Kawase
The Killing Of A Sacred Deer, Yorgos Lanthimos
A Gentle Creature, Sergei Loznitsa
Jupiter’s Moon, Kornél Mundruczó
L’amant Double, François Ozon
The Beguiled, Sofia Coppola
Rodin, Jacques Doillon
Happy End, Michael Haneke
Wonderstruck, Todd Haynes
120 Battements Par Minute, Robin Campillo
Aus Dem Nichts (In The Fade), Fatih Akin
Okja, Bong Joon-ho
The Meyerowitz Stories, Noah Baumbach

FORA DE COMPETIÇÃO

Les Fantômes D’Ismaël, Arnaud Desplechin
How To Talk To Girls At Parties, John Cameron Mitchell
Visages, Villages, Agnès Varda e Jr.
Mugen Non J%u016Bnin (Blade Of The Immortal), Miike Takashi

UN CERTAIN REGARD

Barbara, Mathieu Amalric *filme de abertura da secção*
A Novia del Desierto (The Desert Bride), Cecilia Atan, Valeria Pivato
Tesnota (Closeness), Kantemir Balagov
Aala Kaf Ifrit (Beauty And The Dogs), Kaouther Ben Hania
L’Atelier, Laurent Cantet
Fortunata (Lucky), Sergio Castellitto
Las Hijas De Abril (April’s Daughter), Michel Franco
Western, Valeska Grisebach
Posoki (Directions), Stephan Komandarev
Out, Gyorgy Kristof
Sanpo Suru Shinryakusha (Before We Vanish), Kiyoshi Kurosawa
En Attendant Les Hirondelles (The Nature Of Time), Karim Moussaoui
Lerd (dregs), Mohammad Rasoulof
Jeune Femme, Léonor Serraille
Wind River, Taylor Sheridan
Après La Guerre (After The War), Annarita Zambrano

SESSÕES ESPECIAIS

12 Jours, Raymond Depardon
They, Anahita Ghazvinizadeh
An Inconvenient Sequel, Ronni Cohen e Jon Shenk
Top of the Lake: China Girl, Jane Campion e Ariel Kleiman
Promised Land, Eugene Jarecki
24 Frames, Abbas Kiarostami
Napalm, Claude Lanzmann
Come Swim, Kristen Stewart
Demons in Paradise, Jude Ratman
Sea Sorrow, Vanessa Redgrave
Clair’s Camera, Hong Sangsoo
Twin Peaks, David Lynch

SESSÕES DA MEIA-NOITE

The Villainess, Jung Byung Gil
The Merciless, Byun Sung-Hyun
Prayer Before Dawn, Jean Stephane Sauvaire

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA