Agência iraniana censura decote de Charlize Theron no Oscar

O decote usado por ela, que mostrava seus braços e ombros, foi substituído por uma imagem preta

por Diário de Pernambuco 02/03/2017 14:25

 ILNA News/Reprodução e CelebMAfia/Reprodução
Ao lado de Shirley MacLaine, Charlize apresentou a categoria de Melhor Filme Estrangeiro na premiação (foto: ILNA News/Reprodução e CelebMAfia/Reprodução)
A imagem da atriz sul-africana Charlize Theron na cerimônia do Oscar 2017 foi censurada pela agência de notícias iraniana ILNA durante uma transmissão. O decote usado por ela, que mostrava seus braços e ombros, foi substituído por uma imagem preta, como é possível ver no site da agência. Ao lado de Shirley MacLaine, Charlize apresentou a categoria de Melhor Filme Estrangeiro na premiação, que foi ao ar no último domingo (26), premiando no diretor iraniano Asghar Farhadi pelo longa O apartamento.

O diretor não compareceu ao evento, realizado no Teatro Dolby, em Los Angeles, nos Estados Unidos, como uma forma de boicote a medidas do presidente Donald Trump, que suspendeu vistos de imigrantes de diversos países de origem muçulmana, inclusive o Irã. Quem fez o discurso de agradecimento em seu lugar foram dois cidadãos norte-americanos com origem muçulmana. Um deles era a engenheira Anousheh Ansari, que também teve uma parte do seu corpo borrada, apesar de usar um xale.



Polêmica

 

O momento mais polêmico da cerimônia do Oscar ocorreu durante a entrega do prêmio de Melhor Filme, quando o apresentador Faye Dunaway, ao lado de Warren Beatty, leu que o troféu iria para La la land e não para Moonlight, o verdadeiro escolhido pela academia. O erro foi de responsabilidade da empresa PriceWaterhouseCoopers (PWC), há anos à frente da auditoria da conceituada premiação, que assumiu a autoria da confusão, descrita como a maior gafe dos 89 anos de história do Oscar, e pediu desculpas pelo ocorrido. A organização do evento, contudo, afirmou que a parceria com a empresa está sob revisão e que Brian Cullinan e Martha Ruiz, responsáveis por entregar o envelope errado, não terão mais a função nos anos seguintes.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA