Meryl Streep exige pedido de desculpas de Karl Lagerfeld

Estilista disse que atriz desistiu de usar vestido da Chanel no Oscar porque recebeu para vestir outro designer; ela o acusa de mentir

por AFP 26/02/2017 21:03

JUSTIN TALLIS/AFP
Meryl Streep é indicada pela 20ª vez (foto: JUSTIN TALLIS/AFP)

 

Meryl Streep exigiu um pedido de desculpas da lenda da alta-costura Karl Lagerfeld, na polêmica envolvendo o vestido que a atriz usará na cerimônia do Oscar, divulgou a imprensa especializada neste domingo.

A estrela do cinema voltou a carga ontem contra Lagerfeld, diretor criativo da Chanel, que a acusou de desistir de usar um vestido da marca na principal noite de Hollywood. 

 

O portal WWD, bíblia da moda, reportou na semana passada que Lagerfeld acusou Meryl de ter desistido do vestido porque outra marca a pagou para usar outro modelo. Desde então, a Chanel e Lagerfeld recuaram, mas a atriz exigiu um pedido de desculpas.

 

O WWD informou ter recebido um comunicado de representantes do estilista classificando o ocorrido de mal-entendido infeliz. "A Chanel entrou em contato com o estilista da senhora Streep, a seu pedido, para desenhar um vestido para o Oscar", diz o comunicado de Lagerfeld.

 

"Após uma conversa informal, entendi errado que a senhora Streep poderia ter escolhido outro estilista por causa de remuneração, o que a equipe da senhora Streep confirmou que não foi o caso", continua o texto. "Eu me arrependo por esta controvérsia e desejo à senhora Streep sorte em sua 20ª indicação ao Oscar."

 

A atriz, por outro lado, divulgou um comunicado duro, em que acusa o estilista de mentir. "Karl Lagerfeld, um estilista famoso, difamou a mim e a minha stylist, além do grande estilista cujo vestido escolhi, em um veículo muito importante da indústria", assinala Meryl em nota divulgada pelo WWD.

 

"Esta publicação divulgou a informação sem checá-la. Consequentemente, esta história teve repercussão em todo o mundo, afetando minha aparição no Oscar e ofuscando esta homenagem diante dos olhos da imprensa, dos meus colegas e do público", afirmou a atriz.

 

"O comunicado geral de Lagerfeld em que ele lamenta a 'polêmica' não é nenhuma desculpa. Ele mentiu, publicaram a mentira, e continuo esperando", assinalou a atriz.


 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA