2016 bateu recorde de protagonistas femininas na história do cinema

Felicity Jones em 'Rogue one: Uma história Star Wars' e Amy Adams em 'A chegada' são exemplos que ajudaram a alavancar a representatividade nas telonas

por Diário de Pernambuco 22/02/2017 10:04
Disney/Divulgação
Felicity Jones em 'Rogue one: Uma história Star wars', o filme de maior arrecadação do ano (foto: Disney/Divulgação )
Parece que Hollywood finalmente começou a reverter os estigmas sobre a participação feminina na indústria cinematográfica. Um levantamento do Center for the Study of Women in Television and Film, da Universidade de San Diego, na Califórnia, apontou que o ano de 2016 foi o que mais contou com protagonistas mulheres nos filmes de maior bilheteria. Em números, isso significa que 29% dos papéis de maior destaque dentre o top 100 de grandes produções nos Estados Unidos foram dados a artistas do sexo feminino, um aumento de 7% em relação a 2015, quando 22% dos longas foram protagonizados por mulheres.

Felicity Jones como Jyn Erso em Rogue one: Uma história Star wars (o filme de maior arrecadação do ano), Amy Adams em A chegada e Melissa McCarthy, Kristen Wiig e Kate McKinnon em As caça fantasmas são exemplos que ajudaram a alavancar a representatividade nas telonas. A presença feminina por trás das telas, mostra o estudo, tambem é fator preponderante para que a tendência seja perpetuada: 57% das vezes em que mulheres atuam como diretoras ou produtoras das obras, outras mulheres são escaladas como protagonistas ou para papéis de destaque, número que não se verifica quando homens estão no comando (18%).

Em contrapartida, ainda há conquistas a serem almejadas. Houve quedas no número geral de personagens, principalmente quando se fala de minorias: a quantidade de mulheres latinas nas telonas diminuíram de 4%, em 2015, para 3% em 2016. Quanto a representatividade de personagens negras e asiáticas, houve pequena melhora (de 13% para 14% e de 3% para 6%, respectivamente). A pesquisa da universidade mostra, também, que dos filmes com muitos protagonistas, cerca de 37% deles são mulheres.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA