Abraccine escolhe 'Aquarius' e 'Elle' como os melhores de 2016

A categoria melhor curta-metragem ficou com 'Estado itinerante', da mineira Ana Carolina Soares

por Estado de Minas 16/01/2017 12:27
Vitrine Filmes/Sony Pictures/Reprodução
Sônia Braga e Isabelle Huppert brilharam em 'Aquarius' e 'Elle', em 2016. (foto: Vitrine Filmes/Sony Pictures/Reprodução)
A Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) divulgou nesta segunda-feira, 16, a lista dos ganhadores do 6º Prêmio Abraccine, que escolhe as melhores produções cinematográficas ano a ano. Aquarius, do pernambucano Kleber Mendonça Filho, e Elle, do francês Paul Verhoeven, foram escolhidos como os melhores filmes de 2016. Na categoria curta-metragem, o vencedor foi Estado itinerante, da mineira Ana Carolina Soares. 

No prêmio, concorrem todos os filmes lançados em circuito comercial no Brasil, tanto as produções brasileiras quanto as estrangeiras, lançadas entre 17 de dezembro de 2015 e 29 de dezembro de 2016. No ano passado, o prêmio contabilizou mais de 400 filmes lançados. Já entre os curtas-metragens, participam da seleção somente produções nacionais exibidas durante o ano em mostras, festivais e eventos cinematográficos. 

Aquarius, estrelado por Sônia Braga, foi o filmes brasileiro mais comentado mundo afora. Desde o Festival de Cannes, no início de 2016, quando a equipe do filme protestou contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, uma série de controvérsias rodearam o longa de Kleber Mendonça Filho. Ao final, apesar do bom desempenho em festivais internacionais e dos elogios da crítica, Aquarius não foi escolhido para representar o Brasil na disputa por uma indicação ao Oscar 2017. 

Na história, Sônia interpreta Clara, uma mulher viúva que se recusa a vender seu apartamento, mesmo quando os donos de uma construtora já compraram todos os demais imóveis do edifício. 

Já em Elle, Isabelle Huppert vive uma empresária determinada que mantém o sangue frio depois de ser estuprada. A atuação lhe rendeu um Globo de Ouro na categoria melhor atriz em filme de drama. 

Estado itinerante é uma criação de Ana Carolina Soares que conta a história de Vivi, uma cobradora de ônibus que quer se livrar de uma relação abusiva. Entre as paradas no ponto final, os encontros com outras cobradoras fortalecem a mulher trabalhadora e seu desejo de fuga. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA