Festival de Berlim seleciona quatro longas brasileiros para edição 2017

'Pendular', 'Vazante', 'Mulher do Pai' e 'As Duas Irenes' serão exibidos nas mostras paralelas Panorama e Generation; filmes da competição ainda não foram anunciados

28/12/2016 16:28

Divulgação/Vazante
O longa 'Vazante', de Daniela Thomas, foi filmado em Minas Gerais (foto: Divulgação/Vazante)
O Festival Internacional de Cinema de Berlim, conhecido como Berlinale, divulgou até agora quatro longas brasileiros nas mostras paralelas de sua 67ª edição, que ocorre entre 9/2 e 19/2 de 2017.  Os filmes que competirão pelo Urso ainda não foram anunciados.

 

As mostras Panorama e Generation terão dois títulos brasileiros cada uma. Vazante, da cineasta Daniela Thomas, e Pendular, da diretora Julia Murat, estarão em exibição na Panorama. Enquanto na Generation serão exibidos longas Mulher do Pai, de Cristiane Oliveira, já multipremiado em festivais brasileiros, e As Duas Irenes, de Fabio Meira, que estreia na direção de longas.

 

Vazante trata do tema do trabalho escravo dos negros africanos nas minas de ouro do interior de Minas Gerais, em 1821, antes da independência brasileira de Portugal. Seguindo à risca o tema, o longa foi gravado em terras mineiras.

 

As Duas Irenes aborda os vários segredos de uma família, em que uma garota, Irene, descobre que o pai mantinha uma segunda família e outra filha de mesmo nome e mesma idade. O elenco do filme conta com a presença de duas atrizes mineiras do Grupo Galpão, Inês Peixoto e Teuda Bara, interpretando as personagens Neuza e Madalena na trama. 

 

Os filmes Pendular e Mulher do Pai tratam, respectivamente, de uma relação amorosa entre dois artistas e da relação complexa entre uma filha adolescente e seu pai cego. 

 

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA