Depois de ser presa, atriz de 'A culpa é das estrelas' será julgada em 2017

Shailene Woodley foi presa após participar de um protesto contra a construção de um oleoduto

por Estado de Minas 24/10/2016 13:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP Photo/Morton County Sheriff's Office
Shailene Woodley foi detida no último dia 10 de outubro. (foto: AFP Photo/Morton County Sheriff's Office)
 
 
A estrela dos filmes A culpa é das estrelas e Divergente, Shailene Woodley, foi detida durante um protesto contra a construção de um oleoduto em Dakota do Norte, nos Estados Unidos. Por conta do episódio, a atriz será julgada por invasão criminosa e incitação de motim no início de 2017. 

Woodley estava entre os 27 ativistas que tentavam impedir a construção de um oleoduto. Segundo locais, a construção irá poluir a água da reserva Standing Rock e alagar cemitérios tribais.

Em vídeo publicado pelo Facebook, a atriz se auto-declara inocente. No entanto, se for julgada culpada, ela pode pegar dois meses de prisão e ser obrigada a pagar US$ 3 mil em multas. 

O julgamento de Shailene Woodley está previsto para 25 de janeiro. 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA