Rodrigo Lombardi não viverá mais Sérgio Moro no cinema

Ator era o único nome confirmado no elenco do filme sobre a Operação Lava Jato

por Diário de Pernambuco 30/09/2016 14:14

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Globo/Divulgação
Ator não interpretará mais o juiz federal no filme 'Polícia Federal: a lei é para todos', previsto para janeiro de 2017 (foto: Globo/Divulgação )
O longa-metragem sobre a operação Lava-Jato não vai mais contar com o ator Rodrigo Lobardi como protagonista. Ele não vai interpretar o juiz Sérgio Moro em Polícia Federal: A lei é para todos, de acordo com assessoria, por conta de problemas na agenda. Ele era o único nome confirmado na produção.

 

Lombardi deve fazer parte de À flor da pele, nova novela de Gloria Perez prevista estrear em 2017. Também está escalado para ir ao ar na série Carcereiros, baseada no livro homônimo de Drauzio Varella, na qual substituirá Domingos Montagner no papel de Adriano. Nas redes sociais, falou sobre a responsabilidade de ocupar o lugar do ator falecido.

 

"Essa semana recebi um convite. Melhor... Essa semana fui promovido. Melhor... Essa semana fui honrado com esse convite. A incumbência de substituir (se é que a palavra se aplica nesse caso) meu amigo 'Mingo' na série Carcereiros. Vou me jogar de cabeça! Como tento fazer sempre!", escreveu Rodrigo.

 

Sob a direção de Marcelo Antunez, Polícia federal: A lei é para todos vai mostrar detalhes das investigações policiais que levaram a Polícia Federal e Ministério Público Federal a montar a força-tarefa para dar início à operação que investiga casos de corrupção no Brasil. A produção, que deve ser uma trilogia, tem previsão de estreia para janeiro do ano que vem e é a primeira sobre a Operação Lava Jato.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA