Filme de Almodóvar é escolhido pela Espanha para tentar vaga no Oscar

Ainda em cartaz em Belo Horizonte, 'Julieta' conta a história de uma mulher que procura pela filha que desapareceu propositalmente

por Redação EM Cultura 08/09/2016 12:17

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Universal Pictures/Divulgação
(foto: Universal Pictures/Divulgação)
Julieta, mais recente filme de Pedro Almodóvar, foi o longa-metragem escolhido pela Espanha para tentar uma vaga na categoria de filme estrangeiro do Oscar.

 

O diretor já tem duas estatuetas. Recebeu a primeira em 2000, de melhor filme estrangeiro, por Tudo sobre minha mãe. O segundo Oscar, três anos mais tarde, foi de roteiro original por Fale com ela.

 

Vigésimo longa-metragem do diretor espanhol mais conhecido do mundo, Julieta é sóbrio e contido, ao contrário da maior parte das produções do cineasta.

 

O próprio Almodóvar afirmou, durante sua passagem pelo Festival de Cannes, em maio, que Julieta é diferente. “Este filme não é um melodrama ou um ‘almodrama’, como meu trabalho já foi definido. Nos meus melodramas, as pessoas não ocultam seus sentimentos.”

 

O filme trata da busca da personagem-título (vivida na juventude por Adriana Ugarte e na maturidade por Inma Cuesta) pela filha Antía (Priscilla Delgado). Aos 18 anos, ela desapareceu propositalmente.

Sumiu do mundo mas, principalmente, da mãe. Brilhante, ousada, apaixonada na juventude dos anos 1980, Julieta vai desmoronando, chegando à sombra do que foi.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA