Ingra Lyberato anuncia saída da comissão do Oscar

A segunda baixa na comissão montada pelo Ministério da Cultura aumenta a polêmica em torno da candidatura de 'Aquarius'

por Estado de Minas 26/08/2016 12:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Ingra Lyberato em cena do filme 'O general'

A atriz Ingra Lyberato anunciou nesta sexta (26) sua saída da comissão montada pelo Ministério da Cultura para escolher o representante brasileiro a uma vaga para concorrer ao Oscar.

Procurada pelo Estado de Minas, na quinta (25) à noite ela afirmou que continuaria o trabalho pois havia decidido “se colocar a serviço do nosso cinema”. Pelo visto mudou de ideia.

A nova posição foi divulgada pelo Facebook. Segundo a atriz, aceitou o convite por “conhecer a intenção do Alfredo Bertini e acreditar naquele momento, que o processo poderia ser construtivo e baseado no interesse de todos”.

Lyberato se retira da comissão depois de constatar a insatisfação da classe. Ela diz ter sofrido com a retirada de alguns longas da disputa, como Boi neon, de Gabriel Mascaro e Mãe é só uma de Anna Muylaert.

“Não estou escolhendo um lado porque já o tinha feito desde sempre: Sou contra o golpe que impediu e retirou o governo eleito democraticamente, de suas funções. Mas não corto relações de amizade com ninguém por causa disso. Acredito na nossa união como classe artística acima de tudo. Sei que nome de grande representatividade já aceitou integrar a comissão, mas esse processo fragmentado pode comprometer nosso maior interesse: o cinema.”

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA