Cine Humberto Mauro promove de hoje a quarta Festival de Cinema Polonês

Evento, que está em sua sexta edição, vai exibir 12 produções. Entre os destaques está 'Prédios flutuantes', primeiro filme da Polônia a abordar a questão gay

por Carolina Braga 22/08/2016 10:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Festival de Cinema Polonês/Divulgação
Cena do longa 'Prédios flutuantes' (foto: Festival de Cinema Polonês/Divulgação)
Deixe momentaneamente de lado nomes como os vencedores do Oscar Roman Polanski e Pawel Pawlikowski. O Festival de Cinema Polonês, em cartaz no Cine Humberto Mauro a partir de hoje, quer surpreender. Por isso, abandona as reverências a cineastas conhecidos do país e destaca o que há de mais novo na cinematografia de lá. Mesmo que a aposta seja em figuras completamente desconhecidas dos brasileiros.

Serão 12 filmes – seis de ficção e outros seis documentários – de jovens diretores, com o primeiro ou segundo longa da carreira. Apenas um, Varsóvia 44, de Jan Komasa, investe em abordagem histórica sobre o levante na cidade na década de 1940. Todos os outros abordam questões contemporâneas. “Retratam a Polônia dos dias de hoje, com os problemas que os jovens estão lidando”, conta Ewa Zukrowska, co-curadora e produtora do evento.

Prédios flutuantes, de Tomasz Wasilewski, é protagonizado por um casal gay. “É o primeiro filme da Polônia a falar sobre esse assunto. É um tema ainda bem sensível”, ressalta Ewa. Moça do armário, de Bodo Kox, é considerada a melhor estreia no país dos últimos anos. Entre os documentários, destaque para o curta Nossa maldição, indicado ao Oscar. O diretor Tomasz Sliwinski e a mulher registram o próprio cotidiano e a dificuldade de lidar com um vizinho portador de doença incurável.

“O cinema polonês tem uma longa tradição, mas os brasileiros não sabem o que está acontecendo”, diz a curadora. O Festival de Cinema Polonês está em sua sexta edição. Na programação da abertura, serão exibidos A moça do armário, de Bodo Kox, às 17h; Jeziorak, de Michal Otlowski, às 19h e Deuses, de Lukasz Palkowski, às 21h.

FESTIVAL DE CINEMA POLONÊS
De hoje a quarta-feira. Cine Humberto Mauro. Av. Afonso Pena, 1.537, Centro, (31) 3236-7400. Entrada franca.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA