FestCurtas BH revela seus vencedores

Festival realiza hoje sua cerimônia de premiação e promove amanhã as últimas sessões da edição 2016, que incluiu longa da cineasta belga Chantal Akerman inédito no Brasil

por Carolina Braga 13/08/2016 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO/DIVULGAÇÃO
(foto: FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO/DIVULGAÇÃO )
O Festival Internacional de Curtas de BH chega ao fim depois da maratona com 136 filmes. Amanhã haverá cinco sessões com representantes da Áustria, Holanda, França, Polônia, Suíça e além de brasileiros e dos vencedores desta edição, que serão revelados às 20h30 de hoje, no Cine Humberto Mauro. O destaque deste 18º FestCurtas BH foi a homenagem à obra da cineasta belga Chantal Akerman (1950-2015), que alcança quase 50 títulos.

Após o anúncio dos vencedores do troféu Capivara, hoje, haverá a exibição do longa No home movie, de Akerman. O filme foi o último realizado pela cineasta, que morreu em 2015, e trata da história da mãe da diretora, judia que chegou à Bélgica em 1939, depois de fugir da perseguição na Polônia. “Acho que completa a programação. O longa foi lançado no ano passado e tem tido uma procura muito grande”, afirma Philipe Ratton, gerente do Cine Humberto Mauro. No home movie estreou no festival de Locarno.

Akerman é considerada uma das pioneiras do cinema experimental. Nos anos 1970, tornou-se conhecida depois de abordar a alienação e a opressão femininas em uma série de filmes.

De acordo com Ratton, em 2016 o FestCurtas BH tem registrado uma média de 90 espectadores por sessão. A capacidade da sala é de 120 lugares. Além da filmografia de Akerman, outro destaque foi a procura pelas sessões infantis, realizadas pela manhã. “É algo que sempre fez parte do festival, mas que este ano está chamando mais a atenção”, diz. A programação matutina foi frequentada por estudantes de escolas públicas e particulares.

As sessões de hoje têm início às 10h e as de amanhã, às 16h, no Cine Humberto Mauro e também na Sala Juvenal Dias, ambos no Palácio das Artes. Entre os curtas que serão exibidos está o austríaco August sings carmina burana, de Daniel Moshel, Silent light, de Jiekai Liao (Singapura) e A man returned, de Mahdi Fleifel (Holanda/Líbano). As produções premiadas nas mostras competitivas mineira, nacional e internacional também serão exibidas. A entrada é franca. Os ingressos começam a ser distribuídos meia hora antes das sessões, inclusive para a cerimônia de premiação.

ENCERRAMENTO DO 18º FESTCURTAS BH
Hoje, às 20h30, anúncio dos vencedores, no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1.537, Centro). as` 23h, festa comemorativa à premiação, na Gruta! Casa de Passagem (Rua Pitangui, 3.613, Horto). Entrada: R$ 15 (até 0h); R$ 20 (após 0h). Informações: (31) 3236-7333.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA