Warner e Marvel agitam Comic-Con com trailers de suas superproduções

A Warner Bros, que ainda sofre com a morna recepção de Batman vs Superman: A Origem da Justiça, apresentou uma programação cheia de estrelas no painel da Marvel

25/07/2016 10:02

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP Bill Wechter
Wade Wilson, o Deadpool, de Vancouver, Canadá, na Comic-Con que acontece em San Diego, Califórnia (foto: AFP Bill Wechter)

Dois dos maiores estúdios de Hollywood travaram no último sábado (23) na Comic-Con de San Diego uma batalha épica nas apresentações de suas novas produções explorando o filão dos super-heróis.

A Warner Bros. - que ainda sofre com a morna recepção de Batman vs Superman: A Origem da Justiça - apresentou uma programação cheia de estrelas no painel da Marvel. Sua primeira sessão exclusiva foi o trailer de Mulher Maravilha, onde foi visto a princesa amazona, vivida por Gal Gadot, deixando sua exuberante ilha para impedir a Primeira Guerra Mundial.

Com a estreia prevista para 2 de junho de 2017, o filme foca em apenas um personagem para escapar das críticas de Batman vs Superman, que contabilizou uma fraca receita de bilheteria após uma forte semana de estreia em março. "Ela tem o coração de uma humana e a força de uma deusa", disse Gadot, visivelmente nervosa, aos fãs de sua personagem na Comic-Con.

A vilã dos quadrinhos vivida por Margot Robbie, Arlequina, é uma das personagens mais esperadas entre todos os filmes devido a estreia de DC Extended Universe. Os fãs aplaudiam enlouquecidos quando foi exibido o trailer final de Esquadrão Suicida, antes do seu lançamento em 5 de agosto.

"Todo mundo estava em ação - e eu fazia isso usando saltos", brincou Robbie, comentando as filmagens, que ocorreram no ano passado em Toronto e Chicago. Zack Snyder subiu ao palco para falar com os fãs em um inesperado trailer de seu mais recente filme Liga da Justiça, que será lançado em 17 de novembro do ano que vem.

O filme reúne todos os três "meta-humanos" de Batman vs Superman/Mulher Maravilha, feita novamente por Gadot; Batman, interpretado por Ben Affleck pela segunda vez; e o Super-Homem de Henry Cavill. O trailer é carregado de piadas, fazendo um contraste com Batman vs Superman, que foi fortemente criticado por seu tom mais "dark" e por ter se levado muito a sério.

Cinematic Universe

A Marvel veio depois da Warner, dando aos fãs algumas espiadas de sua expansão Cinematic Universe depois de ter ficado de fora da convenção no ano passado. O presidente do estúdio e produtor da Marvel, Kevin Feige, anunciou: "Nós só queríamos vir quando tivéssemos muito a mostrar para vocês. E, na verdade, nós temos muita coisa hoje".

E ele não decepcionou o fãs, que foram presenteados com novas imagens de Doutor Estranho, de Scott Derrickson, com lançamento previsto para 4 de novembro, e que será estrelado por Benedict Cumberbatch. Cumberbatch, 40 anos, vestindo camiseta e jeans, surgiu descendo do teto do Salão H em meio a uma névoa.

Derrickson, que se juntou ao painel ao lado de Chiwetel Ejiofor e Tilda Swinton, disse na Comic-Con que o filme era "uma curva à esquerda no universo Marvel", focando na magia, ao invés da tecnologia. Kurt Russell levou a multidão à loucura quando mostrou que estava confirmado como pai de Chris Pratt em Guardiões da Galáxia - Volume 2, de James Gunn, que estreará no dia 5 de maio de 2017.

Enquanto isso, um trailer revelou pela primeira vez que Sylvetser Stallone também estará no elenco da sequência de Guaridões. Além disso, houve a surpresa de Spider-Man: Homecoming, com cenas do filme que deve ser lançado em 7 de julho do ano que vem, mostrando Peter Parker, interpretado por Tom Holland.

Feige trouxe ao palco Ryan Coogler, que dirigiu o spin-off de Rocky, Creed, no ano passado, e que voltou sua atenção para o mundo ficcional de Wakanda para Pantera Negra, previsto para 2018. "A coisa mais legal sobre o mundo de Wakanda é que eles têm um rei, e nós temos um ator incrível fazendo isso", disse Coogler sobre Chadwick Boseman, que assumiu um papel em Capitão América: Guerra Civil neste ano.

"Eu estou literalmente vibrando por dentro", disse Boseman enquanto entrava no palco pela primeira vez na Comic-Con. O Salão H foi transformado em um "mockumentary" pelo diretor de Thor: Ragnarok, Taika Waititi, no estilo de sua paródia de vampiros, What We Do in the Shadows.

A multidão aplaudia enquanto Chris Hemsworth era mostrado com um companheiro nerd que o ajudava a enviar e-mails de pacificação para o Capitão América e para o Homem de Ferro durante a disputa de "Guerra Civil". Enquanto isso, a vencedora do Oscar Brie Larson era ovacionada quando foi confirmada para o papel principal em "Capitão Marvel", com lançamento previsto para 2019.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA