Novo 'Star Trek' brinca com Jennifer Lawrence e revela que Sulu é gay

'Jornada nas Estrelas V: a Fronteira Final' estreia no dia 22 nos EUA. Filme só chega ao Brasil em setembro

por AFP 15/07/2016 13:45

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução Internet
(foto: Reprodução Internet)
O novo filme da saga Star Trek tem um personagem inspirado em uma estrela de Hollywood e também resolveu revelar que um de seus personagens é gay, afirmou o ator e roteirista Simon Pegg, que vive o engenheiro Scotty.

Segundo Pegg, a estrela Jennifer Lawrence, 25 anos, foi a inspiração para Jaylah, a personagem alien vivida por Sofia Boutella e introduzida na nova versão de uma série que este ano completa 50 anos.

"No roteiro, queríamos criar uma mulher muito independente, uma personagem cheia de recursos... e não tínhamos um nome para ela, por isso a chamávamos de 'Jennifer Lawrence em Inverno da Alma'", contou o ator britânico de 46 anos.

"E a gente dizia coisas como 'o Scotty corre até lá e de repente a Jennifer Lawrence em Inverno da Alma aparece e encontra o pessoal'. Mas o problema é que 'Jennifer Lawrence em Inverno da Alma' era um nome muito grande", acrescentou.

"Por isso começamos chamá-la de 'J-Law' e aí virou Jaylah, por isso Jaylah recebeu o nome de Jennifer Lawrence", contou ainda.

Essa não é a primeira vez que o nome de um ator inspira um filme de Star Trek.

Em Jornada nas Estrelas V: a Fronteira Final, um planeta da trama foi batizado de Sha-ka-ree, uma corruptela do nome do ator Sean Connery, que originalmente viveria um personagem na história.

O mais recente episódio de Star Trek chega às telas americanas em 22 de julho e o elenco já começou a fazer as tradicionais sessões de divulgação do filme, marcado por uma controvérsia e uma tragédia.

Uma das maiores controvérsias do novo lançamento é a decisão de dar um namorado para o piloto japonês Hikaru Sulu, revelando assim sua homossexualidade.

O veterano ator George Takei, que interpretou Sulu na série criada nos anos 60 e gay assumido, comentou ao Hollywood Reporter que essa decisão "foi muito infeliz".

Em um longo post no Facebook, o ator de 79 anos esclareceu que não estava decepcionado por Star Trek finalmente ter um personagem LGBT, mas sim por escolherem Sulu para isso.

Já o ator coreano John Cho, que interpreta Sulu na nova versão, falou à imprensa que, quando soube que seu personagem seria gay, "achou que era bela ideia".

O lançamento do novo filme também será marcado pela morte de um dos atores mais queridos do elenco.

A tragédia aconteceu em 19 de junho passado, quando o ator Anton Yelchin, que interpretava o Chekov na nova versão, morreu esmagado pelo próprio carro na entrada da garagem de sua casa.

A notícia chocou fãs e a produção, que vai dedicar o novo filme ao jovem ator de 27 anos.

Outros membros do elenco, como Karl Urban, o dr. McCoy, e Zoe Saldana, a Uhura, lamentaram a perda do colega e amigo. "A dor de sua perda ainda é muito dura. Esse filme será para sempre uma experiência muito especial para todos nós", comentou Urban.

"Representa um período de ouro quando nossa família se reuniu pela última vez. A foi de verdade o melhor verão de nossas vidas adultas", lamentou por fim.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA