Johnny Depp vai protagonizar filme inspirado em ex-diretor do FMI

A atriz francesa Marion Cotillard também está confirmada no longa inspirado no escândalo que derrubou Dominique Strauss-Kahn

por AFP 12/05/2016 09:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
VALERIE MACON
(foto: VALERIE MACON)
O ator americano Johnny Depp e a atriz francesa Marion Cotillard estão confirmados para atuar em um filme inspirado no escândalo que derrubou o ex-diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI) Dominique Strauss-Kahn - ou DSK, como o político é conhecido na França. Intitulado "The Libertine", o filme será dirigido por Brett Ratner e é "vagamente baseado no incidente envolvendo DSK", disse a porta-voz do diretor, Kate Rosenbaum, à AFP. Vários veículos de mídia publicaram que Depp vai interpretar um personagem baseado no político francês, o qual renunciou ao cargo de liderança no FMI após ser acusado de ter assediado sexualmente uma camareira em um hotel de Nova York em 2011. O processo criminal foi arquivado, e o caso foi resolvido com um acordo civil fora dos tribunais. O website The Wrap disse que o roteiro "traz uma abordagem cômica" das relações de Strauss-Kahn com a Justiça. O escândalo já foi tema de um filme dramático, "Bem-vindo a Nova York", com o ator francês Gérard Depardieu. Ainda não foi revelado qual será o papel de Cotillard no novo projeto.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA