Filmes de Pernambuco e da Paraíba vencem o festival Cine PE

Longa-metragem pernambucano Danado de Bom, de Deby Brennand, e curta paraibano Redemunho, de Marcélia Cartaxo, ganharam os principais troféus

por Diário de Pernambuco 09/05/2016 08:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Daniela Nader/ Divulgação
Pernambucano Renato Góes ganhou o troféu de melhor ator coadjuvante (foto: Daniela Nader/ Divulgação)
O documentário Danado de bom, sobre o cantor e compositor João Silva, dirigido pela cineasta Deby Brennand, foi o vencedor do Cine PE e ganhou os troféus Calunga de melhor filme, montagem, fotografia e som. Redemunho, de Marcélia Cartaxo, venceu nas categorias de melhor curta-metragem, ator (Daniel Porpino), roteiro e prêmio do Canal Brasil. Na Mostra Pernambuco (dedicada a produções locais), o ganhador foi o curta Maria, de Carol Correia. O festival começou na última segunda-feira e foi encerrado na noite de domingo.

O filme que ganhou mais prêmios foi Por trás do céu, de Caio Sóh, uma produção paulista filmada na Paraíba, que venceu nas categorias de melhor atriz coadjuvante (Paula Burlamaqui), ator coadjuvante (Renato Góes), direção de arte, roteiro e melhor longa-metragem segundo o júri popular.

 

Todos os premiados:

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS


Melhor Filme: Danado de Bom (PE), de Deby Brennnad

Direção: Rodrigo Gava, por As Aventuras do Pequeno Colombo (RJ)

Roteiro: Caio Sóh, por Por Trás do Céu (SP)

Fotografia: Jane Malaquias, Pablo Nóbrega e Pedro Von Kruger,por Danado de Bom (PE)

Montagem: Jordana Berg, por Danado de Bom (PE)

Edição de Som: Ernesto Sena e Antonio de Pádua, por Danado de Bom (PE)

Trilha Sonora: Ary Sperling, por As Aventuras do Pequeno Colombo (RJ)

Direção de Arte: Ana Isaura, Zeno Zanardi e Kennedy Mariano, por Por Trás do Céu (SP)

Ator Coadjuvante: Renato Góes, por Por Trás do Céu (SP)

Atriz Coadjuvante: Paula Burlamaqui, por Por Trás do Céu (SP)

Ator: Felipe Kannenberg, por Leste Oeste (PR)

Atriz: Simone Iliescu, por Leste Oeste (PR)

Prêmio Especial do Júri: para o cineasta Luiz Rosemberg Filho, pelo conjunto de sua obra e contribuição ao cinema brasileiro

Prêmio da Crítica (júri da Abraccine): Guerra do Paraguay, de Luiz Rosemberg Filho (RJ)

Prêmio do Júri Popular: Por Trás do Céu, de Caio Sóh (SP)


MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS NACIONAIS


Melhor Filme: Redemunho, de Marcélia Cartaxo (PB)

Direção: Marcello Sampaio, por O Coelho (RJ)

Roteiro: Marcélia Cartaxo e Virginia de Oliveira, por Redemunho (PB)

Atriz: Ingrid Cairo, por O Coelho (RJ)

Ator: Daniel Porpino, por Redemunho (PB)

Fotografia: Marcello Sampaio, por O Coelho (RJ)

Direção de Arte: Hermerson Souza, por This is not a Song of Hope (PE)

Edição de Som: Alexandre Barcellos e Felipe Mattar, por Das Águas que Passam (ES)

Trilha Sonora: Lívio Tragtemberg, Naná Vasconcellos e Villa Lobos, por Gramatyka (DF)

Montagem: Guto BR, por O Último Engolervilha II (RJ)

Prêmio do Júri Popular:  O Coelho, de Marcello Sampaio (RJ)

Prêmio da Crítica (júri da Abraccine): Paulo Bruscky, de Walter Carvalho (PE)

Prêmio Canal Brasil: Redemunho, de Marcélia Cartaxo (PB)


MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS PERNAMBUCANOS


Melhor Filme: Maria, de Carol Correia

Direção: Tauana Uchôa, por Não Tem Só Mandacaru

Prêmio do Júri Popular: Diva, de Luiz Rodrigues Jr.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA