''Ele precisa mudar'': Kit Harrington fala sobre o futuro de Jon Snow

Segundo o ator, o retorno trará o personagem bem diferente do que os fãs estão acostumados

06/05/2016 14:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução/HBO
Retorno do personagem animou os fãs, mas mudanças ainda estão por vir (foto: Reprodução/HBO)
O retorno de Jon Snow no último episódio de Game of thrones, exibido no domingo passado, 1, deixou os fãs enlouquecidos. E, segundo Kit Harrington, que vive o personagem na série, o púbico pode esperar algumas mudanças nos próximos episódios.

Em entrevista à Entertainment Weekly, o ator revelou que a morte vai afetar bastante a personalidade de Snow. "Tem uma linha brilhante em que Melisandre pergunta: ‘o que você viu’ e ele diz: ‘nada, não havia nada’. Isso meche bem com o nosso maior medo, de não haver nada após a morte", comentou. Kit afirmou ainda que teve medo da forma como voltaria, já que ele não poderia mais ser o mesmo depois dessa experiência. "Eu fiquei preocupado que ele iria acordar e ainda ser o mesmo, de volta ao normal – então não faria sentido a sua morte. Ele precisa mudar", afirmou.

"Jon nunca teve medo da morte e isso o fez uma pessoa forte e honrável. Mas agora ele percebeu algo sobre sua vida: ele precisa viver, porque é tudo que se tem. Ele cruzou da linha e não havia nada ali. E isso muda ele. Literalmente põe um medo de deus nele. Ele viu o esquecimento e isso tem que mudar a pessoa do jeito mais fundamental que existe. Ele não quer morrer de novo. E se ele morrer, não quer ser trazido de volta novamente", completou.

Além das mudanças no comportamento, os fãs podem esperar uma mudança no viusal, principalmente com o cabelo. "“Nós cortamos mais curto para essa temporada e fizemos um estilo diferente esse ano também colocando um coque”, finalizou.

O terceiro episódio da sexta temporada de Game of thrones promete fortes emoções para os fãs. A série é exibida pela HBO Brasil de forma simultânea nos EUA, todo domingo, às 22 horas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA