Curta brasileiro é selecionado para disputar Palma de Ouro no Festival de Cannes

'A moça que dançou com o diabo', de João Paulo Miranda Maria, foi selecionado entre mais de cinco mil filmes inscritos.

por Carolina Braga 13/04/2016 09:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução Facebook
Durante o Festival de Cannes em 2015 quando participou da Semana da Crítica com o curta 'Comand Action' (foto: Reprodução Facebook)
Finalmente o Brasil volta a disputar a Palma de Ouro em Cannes em 2016. Por enquanto será na categoria de curta-metragem. A moça que dançou com o diabo, do diretor João Paulo Miranda Maria está entre os dez selecionados para a competição. No ano passado ele foi um dos destaques na semana da crític a com o curta Comand Action.

João Paulo é natural de Rio Claro (SP) e ficou conhecido em Cannes por fazer um “cinema caipira”.  A moça que dançou com o diabo foi selecionado entre mais de cinco mil filmes inscritos. O outro representante latino na competição é Madre, do colombiano Simón Mesa Soto. Este ano a cineasta japonesa Naomi Kawase, diretora do filme Sabor da Vida é a presidente do Júri dos curtas.
A 69ª edição do Festival de Cannes será entre os dias 11 e 22 de maio.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA