Renato Aragão e Dedé Santana confirmam remake de 'Os Saltimbancos trapalhões'

Na produção, prevista para 2017, Didi e Dedé tentam, mais uma vez, salvar um circo à beira da falência

por Diário de Pernambuco 21/03/2016 14:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Os trapalhões/Divulgação
Renato Aragão como Didi Mocó em Os Trapalhões (foto: Os trapalhões/Divulgação)
Os atores e humoristas Renato Aragão, o Didi Mocó, e Dedé Santana, únicos remanescentes da trupe Os Trapalhões, decidiram revisitar o passado. A dupla atualmente produz uma nova versão do clássico Os saltimbancos trapalhões, uma das maiores bilheterias do cinema, lançado em 1981.

 

No remake, previsto para 2017, Didi e Dedé tentam, mais uma vez, salvar um circo à beira da falência. Haverá ainda uma cena em que o trapalhão, equivocadamente, ganha uma estatueta na cerimônia do Oscar. Além dos comediantes, o elenco terá Letícia Colin, Marcos Frota e Alinne Moraes.

Adaptação da peça Os Saltimbancos, transportada para o português por Chico Buarque, é considerado por muitos fãs o melhor filme da trupe. Na trama, Didi e sua trupe vivem um grupo de artistas circenses que precisam lidar com a maldade do mago Assis Satã.

Renato Aragão, de 81 anos, está fora da telinha desde Aventuras do Didi, exibido de 2010 a 2013. Ele ainda faz participações no especial anual do Criança Esperança. Seu último trabalho no cinema foi O guerreiro Didi e a ninja Lili, de 2008.

De contrato renovado com a TV Globo até 2017, o veterano do humor nos cinemas e nas telinhas conta que os primórdios de Os Trapalhões tinham algo de inocência. "Na época, a gente fazia como uma brincadeira. Era uma brincadeira de circo entre mim e o Mussum. Como se fôssemos duas crianças em casa brincando", detalha Aragão. Atualmente, ele reconhece que "todas as classes sociais ganharam a sua área, a sua praia, e a gente tem que respeitar muito isso". 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA