Alê Abreu relembra criação da trilha de 'O menino e o mundo' por Naná Vasconcelos

''Siga em paz. Chuva de palmas pra você'', despediu diretor do músico pernambucano

09/03/2016 17:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

YouTube/Reprodução
''Hoje se foi um mestre, um mentor, capaz de nos deslocar deste mundo para um lugar mítico e espiritual'', despediu-se Alê Abreu (foto: YouTube/Reprodução)
“Alquimia dos sons” é uma boa definição para o processo de criação da trilha do filme O menino e o mundo por Naná Vasconcelos. Alê Abreu, diretor da animação que concorreu ao Oscar 2016, se despediu do músico pelo Facebook.

“‘"Som! Estou por aqui..." Hoje se foi um mestre, um mentor, capaz de nos deslocar deste mundo para um lugar mítico e espiritual. A música era sua religião, pois nos re-liga ao mais essencial e sagrado através da arte. Siga em paz, Naná! Chuva de palmas pra você.

Junto a mensagem, Alê publicou um vídeo que mostra Naná em ação, dando vida ao mundo de Cuca. No registro, se entende porque o pernambucano é considerado um dos melhores percussionistas do mundo. Chocalhos, um pote de vidro e até uma panela virou instrumento nas mãos talentosas do músico.

Naná Vasconcelos morreu às 7h39 da manhã desta quarta, 9, após mais de uma semana internado. O músico tratava um câncer de pulmão desde 2015, quando chegou a se submeter a sessões de quimioterapia. Na época, Naná enfrentou a situação com bom humor, e gravou vídeo com poesia. O sepultamento foi confirmado para o cemitério de Santo Amaro, às 10h desta quinta-feira, 10.

 

"Som! Estou por aqui..."Hoje se foi um mestre, um mentor, capaz de nos deslocar deste mundo para um lugar mtico e...

Publicado por Alê Abreu em Quarta, 9 de março de 2016
 

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA