DiCaprio e 'Spotlight' são destaques do Oscar 2016; veja como foi a premiação

Após muita expectativa, ator finalmente levou a estatueta por 'O Regresso'. Longa de Tom McCarthy foi o grande surpresa da noite, enquanto Brasil bateu na trave mais uma vez com 'O menino e o mundo'

por AFP - Agence France-Presse 29/02/2016 01:42

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
 AFP PHOTO / MARK RALSTON
Equipe de 'Spotlight' recebe o prêmio de melhor filme (foto: AFP PHOTO / MARK RALSTON )
O Oscar 2016 terminou com a surpreendente vitória de Spotlight: Segredos revelados, de Thomas McCarthy, como melhor filme. O longa, baseado em uma história real, mostra um grupo de jornalistas em Boston que reúne milhares de documentos capazes de provar casos de abuso de crianças por padres católicos. O filme também levou o prêmio de melhor roteiro original. Com seis estatuetas, o pós-apocalíptico Mad Max: A estrada da fúria foi o principal ganhador nas categorias técnicas da 88ª edição da premiação.

Kevin Winter/Getty Images/AFP
Leonardo DiCaprio levou o primeiro Scar de sua carreira pela atuação em 'O Regresso' (foto: Kevin Winter/Getty Images/AFP )
O aguardado Oscar para Leonardo DiCaprio veio pela sua atuação em O Regresso, filme pelo qual Alejandro González Iñárritu também levou o prêmio de melhor diretor. Em seu discurso, DiCaprio mostrou seu lado ambientalista.

"O regresso tem a ver com o relacionamento do homem com a natureza. A mudança climática está acontecendo e precisamos de que o mundo coletivamente deixe de procrastinar e comece a apoiar líderes que falam em nome das comunidades e não das corporações. Agradeço a vocês por esse prêmio e não vamos ignorar nosso planeta", disse.

A categoria de melhor atriz foi vencida por Brie Larson. "O que gosto no cinema é que é necessário ter muita gente para fazer um filme. Quero agradecer ao diretor, (ao ator) Jacob Tremblay (que faz o papel de Jack), meu parceiro nisso. Ao meu parceiro na vida real, amo você! Obrigada a todos que participaram de 'O quarto de Jack' e a todos os que o assistiram. Obrigada por irem ao cinema e assistirem ao filme!"

 

NÃO FOI DESTA VEZ Com o prêmio dado para Divertida mente, de Pete Docter e Jonas Rivera, como melhor longa de animação na 88ª edição do Oscar, ontem, o Brasil repetiu a sina de não vencer a estatueta, pela oitava vez desde 1963 – quando O pagador de promessas, de Anselmo Duarte, foi indicado na categoria de filme estrangeiro.

A indicação de O menino e o mundo, de Alê Abreu, já havia sido considerada pelo animador como uma grande vitória.“Hoje estou cheio de força, certo de que carrego aqui comigo a linda história da animação brasileira. Construção erguida em décadas de sonhos e suor, por muitos braços, de muitos colegas que admiro. Vitória, seja qual for o resultado. Viva a animação brasileira! Animação Livre! Airgela (alegria de trás para a frente)!!”, havia tuitado Abreu pouco antes da cerimônia.

Era a zebra da categoria, que já havia feito opções fora do padrão de Hollywood. Os outros candidatos eram Anomalisa, Shaun, o carneiro e Quando estou com Marnie, todos filmes independentes. A única exceção foi justamente o vencedor: a megaprodução Divertida mente, da Disney/Pixar.


NOITE DE SURPRESAS Mark Rylance foi eleito melhor ator coadjuvante por Ponte dos espiões, desbancando o favorito Sylvester Stallone. "Quero agradecer ao restante dos indicados. Não sei o que separou minha atuação das suas, gloriosas, nesses filmes fantásticos. Não sei o que nos separou dos demais atores coadjuvantes que estão fazendo filmes neste momento", declarou Rylance, ao receber a estatueta. É um momento maravilhoso para ser ator, e estou orgulhoso de fazer parte disso", completou.

Kevin Winter/Getty Images/AFP
Alicia Vikander ganhou o prêmio de melhor atriz coadjuvante pelo filme 'A garota dinamarquesa' (foto: Kevin Winter/Getty Images/AFP )
Já a atriz sueca Alicia Vikander ganhou na categoria de melhor atriz coadjuvante por A garota dinamarquesa. "Isso é louco. Uau! Muito obrigada à Academia por esse incrível reconhecimento", disse ela ao receber a estatueta. Alicia estendeu seus agradecimentos ao protagonista, Eddie Redmayne, também indicado em sua categoria. "Eddie, aí está você. Obrigada por ser o melhor colega de cena. Eu nunca poderia ter feito isso sem você. Você aumentou minha aposta", declarou.

 

Confira os ganhadores do Oscar 2016:

MELHOR FILME
"A grande aposta"
"Ponte dos espiões"
"Brooklyn"
"Mad Max: Estrada da fúria"
"Perdido em Marte"
"O regresso"
"O quarto de Jack"
"Spotlight: Segredos revelados"

 

MELHOR ATOR
Bryan Cranston ("Trumbo")
Matt Damon ("Perdido em Marte")
Leonardo DiCaprio ("O regresso")
Michael Fassbender ("Steve Jobs")
Eddie Redmayne ("A garota dinamarquesa")

 

MELHOR ATRIZ

Cate Blanchett ("Carol")
Brie Larson ("O quarto de Jack")
Jennifer Lawrence (“Joy”)
Charlotte Rampling (“45 anos”)
Saoirse Ronan ("Brooklyn")

 

MELHRO DIRETOR
Alejandro G. Iñárritu ("O regresso")
Tom McCarthy ("Spotlight: Segredos revelados")
George Miller ("Mad Max: Estrada da fúria")
Adam McKay ("A grande aposta")
Lenny Abrahamson ("O quarto de Jack")

 

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
"Earned it", The Weeknd ("Cinquenta tons de cinza")
"Manta Ray", J. Ralph & Antony ("Racing extinction")
"Simple song #3", Sumi Jo e Viktoria Mullova ("Youth")
"Writing's on the wall", Sam Smith ("007 contra Spectre")
"Til it happens to you", Lady Gaga ("The hunting ground")

 

MELHOR TRILHA SONORA
"Ponte dos espiões"
"Carol"
"Os 8 odiados"
"Sicario"
"Star Wars: O despertar da força"

 

MELHOR FILME ESTRAGEIRO

"O abraço da serpente" (Colômbia)
"Cinco graças" (França)
"O filho de Saul" (Hungria)
"O lobo do deserto" (Jordânia)
"Guerra" (Dinamarca)

 

MELHOR CURTA DE LIVE ACTION
"Ave Maria"
"Day one"
"Everything will be okay (Alles Wird Gut)"
"Shok"
"Stutterer"

 

MELHOR DOCUMENTÁRIO
"Amy"
"Cartel Land"
"The look of silence"
"What happened, Miss Simone?"
"Winter on fire: Ukraine's Fight for Freedom"

 

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM
"Body team 12"
"Chau, beyond the lines"
"Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah"

"A Girl in the River: The Price of forgiveness"
"Last day of freedom"

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Christian Bale ("A grande aposta")
Tom Hardy ("O regresso")
Mark Ruffalo ("Spotlight: Segredos revelados")
Mark Rylance ("Ponte dos espiões")
Sylvester Stallone ("Creed")

 

MELHOR ANIMAÇÃO
"Anomalisa"
"O menino e o mundo"
"Divertida mente"
"Shaun, o carneiro"
"As memórias de Marnie"

 

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO

"Bear Story"
"Prologue"
"Sanjay's Super Team"
"We can't live without Cosmos"
"World of tomorrow"

 

MELHORES EFEITOS VISUAIS
"Ex Machina"
"Mad Max: Estrada da fúria"
"Perdido em Marte"
"O regresso"
"Star Wars: O despertar da força"

 

MELHOR MIXAGEM DE SOM
"Ponte dos espiões"
"Mad Max: Estrada da fúria"
"Perdido em Marte"
"O regresso"
"Star Wars: O despertar da força"

 

MELHOR EDIÇÃO DE SOM
"Mad Max: Estrada da fúria"
"Perdido em Marte"
"O regresso"
"Sicario"
"Star Wars: O despertar da força"

 

MELHOR MONTAGEM

"A grande aposta"
"Mad Max: Estrada da fúria"
"O regresso"
"Spotlight: Segredos revelados"
"Star Wars: O despertar da força"

 

MELHOR FOTOGRAFIA
"Carol"
"Os oito odiados"
"Mad Max: Estrada da fúria"
"O regresso"

"Sicario"

 

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM

"Mad Max: Estrada da fúria"
"The 100-year-old man who climbed out the window and disappeared"
"O regresso"

 

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
"Ponte dos espiões"
"A garota dinamarquesa"
"Mad Max: Estrada da fúria"
"Perdido em Marte"
"O regresso"

 

MELHOR FIGURINO
"Carol"
"Cinderela"
"A garota dinamarquesa"
"Mad Max: Estrada da fúria"
"O regresso"

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Jennifer Jason Leigh ("Os 8 odiados")
Rooney Mara ("Carol")
Rachel McAdams ("Spotlight: Segredos revelados")
Alicia Vikander ("A garota dinamarquesa")
Kate Winslet ("Steve Jobs")

 

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
"A grande aposta"
"Brooklyn"
"Carol"
"Perdido em Marte"
"O quarto de Jack"

 

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
"Ponte dos espiões"
"Ex Machina"
"Divertida mente"
"Spotlight - Segredos revelados"
"Straight Outta Compton"

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA