Igreja na Alemanha tem cerimônia inspirada em Star Wars

Paralelismos entre os filmes e as tradições cristãs foram explicados durante a celebração

por AFP 21/12/2015 10:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

obias Schwarz/AFP
Darth Vader estava entre os fieis (foto: obias Schwarz/AFP )
Uma igreja protestante de Berlim realizou neste domingo uma cerimônia religiosa baseada em Star Wars, com participantes fantasiados de personagens dos filmes da saga e pastores com sabres de luz. Centenas de pessoas compareceram à cerimônia na Igreja de Sion, no distrito de Mitte, que aconteceu quatro dias antes do Natal e poucos dias depois do lançamento nos cinemas de O despertar da Força, o primeiro filme em 10 anos de Star Wars.

 

Pessoas estavam fantasiadas como Darth Vader ou Chewbacca, enquanto os pastores Ulrike Garve, de 29 anos, e Lucas Ludewig, de 30 anos, exibiam sabres de luz de brinquedo durante o sermão. "Quanto mais falamos dos filmes, mais paralelismos vemos com as tradições cristãs", havia anunciado Garve em um comunicado. "Queremos explicar estes paralelismos às pessoas na cerimônia", completou.

 

Tobias Schwarz/AFP
Pastores usaram sabres de luz de brinquedo durante o sermão (foto: Tobias Schwarz/AFP )
A igreja protestante de Sion é conhecida porque teve como seu integrante o pastor Dietrich Bonhoeffer, um escritor e membro da resistência aos nazistas, assassinado em um campo de concentração. Antes da queda do Muro de Berlim, em 1989, a igreja também foi um ponto de encontro para a oposição no que era a Alemanha Oriental, um país satélite da União Soviética.

 

Quatro décadas depois do lançamento do primeiro filme da saga Star Wars, em 1977, analistas acreditam que O despertar da Força, de orçamento gigantesco, deve arrecadar quase dois bilhões de dólares nos cinemas, sem contar as vendas dos muitos produtos derivados. Com outros dois filmes já programados, Star Wars pode virar a saga de maior bilheteria na história do cinema. Isso seria suficiente para permitir a Disney colher os frutos dos 4 bilhões de dólares investidos para comprar este tesouro cinematográfico a George Lucas.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA