Novo filme dos X-Men se desliga de heróis das sagas anteriores

Terceiro filme da mais recente trilogia dos mutantes apresenta jovem elenco

por Correio Braziliense 21/12/2015 10:10

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Fox/Divulgação
'X-men: Apocalipse' encerra a trilogia (foto: Fox/Divulgação)
Na atualidade e nos anos 1970. As sagas dos filmes de X-Men foram marcantes na história das HQs nos cinemas. Tendo lançado Hugh Jackman como o icônico Wolverine, os filmes se dividiram em duas partes: a primeira delas, que se passa na atualidade, e a segunda, que mostra os primórdios do grupo e o sucesso em mudar a linha do tempo apresentada anteriormente.


Em X-men: Primeira classe e X-men: Dias de um futuro esquecido, os fãs puderam acompanhar o passado dos amigos Charles Xavier (James McAvoy) e Magneto (Michael Fassbender) e o momento em que o segundo decide se voltar contra os humanos. Na luta para mudar um futuro desastroso, Professor X com a ajuda de Kitty Pride, envia Wolverine ao passado para unir os heróis e impedir a jovem Mística (Jennifer Lawrence) de causar a guerra entre humanos e mutantes.

 

Com o sucesso do grupo, a linha do tempo é alterada e a primeira trilogia da saga, lançada nos anos 2000, deixa de existir para abrir espaço a uma nova realidade. Isso quer dizer que os três primeiros filmes aconteceram em um futuro que não mais existe, evitando a guerra civil entre os mutantes causada por Jean Grey (Famke Janssen) ao se tornar Fênix.

 

A nova trilogia, que se passa nos anos 1970 e 1980, termina com o lançamento de X-men: Apocalipse. Na trama, o vilão de mais de 5 mil anos desperta e controla outros mutantes. Os Cavaleiros do Apocalipse, como são chamados seus escravos nesta edição, são Magneto, Arcanjo, Tempestade e Psylocke, que estarão ao lado do vilão.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA