Jean-Luc Godard encerra programação de mostras do Cine Humberto Mauro

Serão exibidos 43 filmes produzidos pelo cineasta francês ao longo dos 60 anos de carreira.

por Estado de Minas 17/12/2015 11:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

CHRISTOF SCHUERPF
Jean-Luc Godard é reconhecido por extrapolar os paradigmas estéticos e estilísticos (foto: CHRISTOF SCHUERPF )
O Cine Humberto Mauro vai encerrar a programação de 2015 com uma mostra capaz de fazer salivar qualquer cinéfilo mais elaborado: Jean-Luc Godard. Serão exibidos entre 18 de dezembro e 12 de janeiro 43 filmes produzidos ao longo de 60 anos de carreira.

Antes de chegar a Belo Horizonte, a retrospectiva, realizada em parceria pela Fundação Clóvis Salgado e Heco Produções, distribuidora e produtora de filmes paulista, esteve no Rio de Janeiro e em São Paulo.
As obras que integram a mostra foram selecionadas por Eugênio Puppo. Entre elas estão, Paixão, Acossado, Filme Socialismo e O demônio das onze.  As cópias estão em formatos diferentes, como 16mm, 35mm, DCP 3D e digitais.
Também estarão em cartaz séries de televisão e vídeo-cartas nunca antes exibidos no país. A série,
Histórias de Cinema, por exemplo, são oito episódios feitos para a TV a série é uma reflexão sobre a História do cinema e a História do Século XX, partindo de um conjunto de imagens variadas reorganizadas pelo cineasta.

Nesta sexta-feira serão exibidos Vladimir e Rosa (1971), Lutas na Itália (1970), Filme socialismo (2010), Os três desastres (2013) e o mais recente Adeus à linguagem (2014).

Jean-Luc Godard é reconhecido por abordar em seus filmes temas políticos e sociais delicados e, ao mesmo tempo, que extrapolam os paradigmas estéticos e estilísticos. Importante representante do movimento Nouvelle Vague, se destaca pela potente força imagética de seus filmes, além de subverter a narrativa tradicional.

Imovision
Com 'Adeus à linguagem' Godard experimentou pela primeira vez a tecnologia 3D (foto: Imovision)

PROGRAMAÇÃO

18 de dezembro
15h – Vladimir e Rosa (Vladimir et Rosa, 1971)
17h – Lutas na Itália (Luttes en Italie, 1970)
19h – Filme socialismo (Film Socialisme, 2010)
21h – Os três desastres (Les trois desastres, 2013) e Adeus à linguagem (Adieu au langage, 2014)

19 de dezembro

15h – História(s) do cinema (Histoire(s) du cinema, 1988-1998) (episódios 1A e 1B)
17h – Carta a Freddy Buache. Sobre um curta-metragem a respeito da cidade de Lausanne
(Lettre à Freddy Buache. À propos d’un court-métrage sur la ville de Lausanne, 1982); Mudar de imagem. Carta à bem-amada (Changer d’image. Lettre à la bien-aimée, 1982); Soft and hard (1985)
19h – Paixão (Passion, 1982)
21h – O desprezo (Le mépris, 1963)

 

Cine Humberto Mauro. Avenida Afonso Pena, 1.537, (31) 3236-7400. Entrada franca. 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA