A força de 'Star Wars' continua na bilheteria

Primeiros dados sobre vendas de ingressos na França mostram que filme dirigido por J.J Abrams já é a quarta melhor estreia desde 2001

por AFP 17/12/2015 08:28

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Disney / Divulgacao
George Lucas, criador de Star wars, disse que esta é a estreia mais importante dos últimos 40 anos (foto: Disney / Divulgacao)
Após dez anos de espera, os fãs de todo o mundo descobriram nesta quarta-feira o novo episódio da saga Guerra nas Estrelas, com o lançamento de 'Star Wars, o despertar da força', apresentado como o grande evento cinematográfico do ano.

Desde a manhã desta quarta-feira, o sétimo episódio da saga está sendo exibido em cinemas de quinze países, incluindo França, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Dinamarca, Noruega, Suécia, Itália, Suíça, África do Sul e Marrocos.

Milhares de fãs, muitos deles fantasiados, formaram filas diante dos cinemas desde as primeiras horas da manhã.

Em Paris, mais de 16 mil pessoas já tinham assistido ao filme, que se converteu na quarta melhor estreia desde 2001, segundo o CBO Box Office. A Disney informou a venda antecipada de 500 mil ingressos na França.

Em Londres, o criador da saga, George Lucas, disse que "trata-se da estreia mais importante dos últimos 40 anos".

Alguns fãs americanos não conseguiram esperar até a próxima sexta-feira, data da estreia nos Estados Unidos, e pagaram até 5 mil dólares para cruzar o Atlântico e assistir o novo episódio.

O novo filme, dirigido por J.J. Abrams, obteve muitas críticas favoráveis: "É o filme que os fãs esperavam", considerou o jornal britânico The Independent. "Extraordinário", opinou o francês Le Figaro.

Perpetuar a herança – Quase quatro décadas depois do lançamento do primeiro filme, "Star Wars", em 1977, o fascínio pela saga continua intacto, como demonstram os comentários nas redes sociais. Nos últimos 30 dias foram publicados mais de 2,5 milhões de tuítes dedicados ao filme, segundo o Twitter.

Jason Merritt
Os diretores George Lucas e J.J Abrams na estreia de Star wars em Londres (foto: Jason Merritt)
O Despertar da Força
começa 30 anos depois do fim de O Retorno de Jedi, sexto episódio da saga, lançado em 1983. Luke Skywalker, o último mestre Jedi, desaparece e é necessário encontrá-lo para salvar a galáxia da ação da Primeira Ordem.

A princesa Leia, que se tornou general, envia o piloto de caça Poe Dameron - interpretado por Oscar Isaac – para tentar encontrar Luke.

Ele recebe um plano, que indica onde está Luke Skywalker, mas ao ser obrigado a fugir, o projeto é confiado ao robô BB-8.Este tentará levá-lo até a princesa, com a ajuda de Finn e Rey.

Com a trilha sonora antológica, os combates com sabres de luz, as perseguições de naves espaciais, as criaturas monstruosas e robôs, o novo filme, fiel ao espírito dos episódios da trilogia original, reúne todos os ingredientes que provocam a empolgação dos fãs da saga.

Uma forma de "perpetuar a herança, retomando os elementos fundamentais", nas palavras do diretor J.J Abrams.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA