Para não se perder: veja guia para seguir a ordem cronológica de 'Star wars'

Os filmes lançados nos anos 2000 são, na verdade, um prólogo dos longas anteriores de George Lucas

por Correio Braziliense 17/12/2015 06:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Em 1977, quando George Lucas lançou o primeiro filme da saga Star wars, talvez não fizesse ideia de que a franquia se tornaria uma das principais referências na chamada cultura pop. A continuação da trilogia nos anos 2000 também proporcionou que outras gerações tivessem acesso ao universo criado pelo diretor. E, agora, toda uma nova geração poderá mergulhar pela primeira vez (ou, para alguns já familiarizados, novamente) no mundo de Star wars com a estreia de O despertar da força, sob direção de J.J. Abrams.

Para Chris Taylor, autor do livro Como Star wars conquistou o universo, a saga de Guerra nas estrelas fascinou o mundo por trazer inovação dentro das histórias de ficção científica, que tinham um teor mais sério antes da franquia.

“É um filme divertido, se você comparar com outras ficções. Na verdade, é a história de uma grande aventura no espaço”, explica.

Muitos fãs e entusiastas de Star wars costumam explicar o motivo da adoração aos filmes baseado no sentimento diferenciado ao assistir os longas. Experiência essa que o produtor Bryan Burk fez questão de destacar que estará no novo filme durante participação em evento no Brasil.

“Quando filmamos, pensamos em como criar uma experiência que fosse igual para o público de hoje”, garante. Que tal embarcar um pouco nessa experiência dentro do mundo Star wars?
Confira guia para você seguir a ordem cronológica da história sem se atrapalhar com a sequência de lançamento dos episódios.

Episódio I — Ameaça fantasma (1999)
Depois de resgatar a rainha Amidala e tentar salvar Naboo de um golpe da federação do comércio, os Jedis Obi-Wan Kenobi e Qui-Gon Jinn desembarcam em Tatooine para consertar a nave danificada e se esconder enquanto se preparam para retornar a Coruscan e resolver o impasse do golpe. No deserto de Tatooine, Qui-Gon Jinn descobre Anakin Skywalker, um garoto de 7 anos dono de uma força mental especial e escravo de um comerciante.


Qui-Gon acredita que o pequeno Anakin pode ser uma espécie de profecia, o Jedi que poderá restaurar o equilíbrio da força, e decide que ele será treinado. No deserto de Taooine, Qui-Gon luta com um Sith, lorde que integra a facção do lado negro da força e que a República acreditava estar extinto.

Episódio II — O ataque dos clones (2002)
Anakin se tornou um adolescente poderoso, mas a República está em perigo e, sob o comando de Count Dooku, vários planetas ameaçam se desligar. Os cavaleiros Jedi são poucos para defender a República e é preciso criar um exército. Amidala, ex-rainha de Naboo e agora a senadora Padmé, precisa voltar a Coruscan para ajudar na votação pela criação do exército. Responsável pela proteção de Amidala, Anakin reencontra a senadora após 10 anos de separação.


Os dois se apaixonam e passam a viver um romance paralelo que pode não cair bem aos olhos da República. Enquanto isso, o chanceler Palpatine começa a se preparar para converter Anakin, a essa altura um jovem Jedi muito poderoso e ambicioso.

Episódio III — A vingança dos Sith (2005)
Este episódio é uma espécie de ápice da história. Impregnado pelo medo de perder Padmé durante o parto — a senadora espera um filho do Jedi —, Anakin Skywalker cede à promessa de Palpatine de que, ao se converter ao lado sombrio da força, terá o poder de controlar a morte.


Palpatine se revela então um lorde Sith, executa o plano de destruir todos os Jedis da galáxia para poder instalar o Império e Anakin se torna Darth Vader, o lorde Sith mais poderoso e temido da galáxia. Os únicos Jedis a sobreviverem são Obi-Wan Kenobi e Yoda, que passam a viver escondidos em planetas marginais.

Episódio IV — Uma nova esperança (1977)
Luke Skywalker, um rapaz órfão criado por parentes em uma fazenda em Tattooine, descobre uma mensagem codificada em um pequeno dróide adquirido em um ferro velho. Na mensagem, uma moça diz que as forças rebeldes precisam de ajuda. Comandadas pela princesa Leia, os rebeldes precisam destruir a Estrela da Morte construída por Palpatine. Depois de ser capturado pelo povo da areia e de ser salvo por Obi-Wan Kenobi, Luke decide ajudar os rebeldes.


Para isso, ele e Obi-Wan precisam de uma nave e um piloto que os conduza até Leia. Encontram então Han Solo e Chewbacca, que aceitam levá-los em troca de um pagamento. Os rebeldes destroem a Estrela da Morte, mas isso não é o fim do Império. Darth Vader escapa da batalha final e Palpatine arquiteta novos planos.

Episódio V — O império contra-ataca (1980)
Luke, agora um integrante das forças rebeldes, encontra Yoda pela primeira vez. Aconselhado por Obi-Wan Kenobi, ele parte ao encontro do mestre no planeta Dagobah. O sobrevivente Jedi sente no rapaz uma força muito grande e decide treiná-lo. Enquanto isso, as forças rebeldes estão escondidas e Han Solo parte ao encontro de Jabba the Hutt para pagar uma dívida.


Acompanhado da princesa Leia e de Chewbacca, o piloto tem problemas com a nave Falcon e precisa fazer uma parada estratégica na Cidade das Nuvens para consertá-la, mas acaba capturado por Darth Vader, que o congela e entrega a um caçador de recompensas. Luke sente que os amigos estão em apuros e deixa Dagobah antes de completar o treinamento. Acaba por se deparar com Darth Vader e, durante uma luta dramática, o lorde Sith revela que é o pai do Jedi e tenta atraí-lo para o lado negro da força.

Episódio VI — O retorno do Jedi (1983)
Uma nova Estrela da Morte está em construção. Com ela, Palpatine pretende destruir de vez as forças rebeldes. No entanto, os rebeldes estão organizados e empenhados em elaborar um plano para destruir o campo de força da Estrela da Morte. Antes, no entanto, Luke precisa resgatar Han Solo. Chewbacca e a princesa Leia se disfarçam de recompensa e caçador para penetrar no castelo de Jabba, mas são capturados depois de descongelar Han Solo. Luke acaba por resgatá-los e todos se juntam aos rebeldes em Endor, onde o Império está construindo o campo de força da Estrela da Morte. Mas Luke sabe que precisa ir ao encontro de Darth Vader para a batalha final.


A sequência é a mais importante de toda a série, é o prenúncio do que pode vir em O despertar dar força. O Imperador Palpatine tenta trazer Luke para o lado negro da força ao provocar o Jedi para que aja movido pela raiva. Diante do fracasso da tentativa, o Imperador passa a torturar o rapaz. Mortalmente ferido após a batalha com Luke, Darth Vader salva o filho das mãos do Imperador. Em um diálogo final entre os dois, Vader parece recuperar o lado bom da alma de Anakin e garante ao filho que ainda há bondade em seu interior. Luke foge, levando o corpo do pai, enquanto os rebeldes conseguem destruir a Estrela da Morte.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA