Mostra de Cinema discute direitos humanos a partir desta sexta-feira, em Belo Horizonte

10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos acontece até o dia 18 de novembro, no Cine Humberto Mauro

12/11/2015 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Vitrine Filmes/Divulgação
Curta 'Eu não quero voltar sozinho' abre a programação, nesta sexta-feira, 13 de novembro (foto: Vitrine Filmes/Divulgação)
Racismo, homofobia, deficiências e pobreza são temas recorrentes na sociedade atual. Apesar de muitas vezes serem consideradas tabus, são pautas que ganharam, nos últimos anos, destaque também no cinema. Nesta sexta, 13 de novembro, o Cine Humberto Mauro dá início à 10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos, com uma seleção de filmes que não apenas marcaram as últimas edições, mas colocam em discussão assuntos polêmicos.

“Este é um momento bom para se discutirem vários temas. E como a temática de direitos humanos atinge boa parte da sociedade, é fundamental e importante inserir o cinema nesses campos”, afirma Alexandre Pimenta, um dos curadores da mostra. Para ele, a produção audiovisual tem se tornado importante aliada para as lutas das minorias, que a cada dia ganham mais espaço. “A produção de imagem hoje em dia é muito grande e muitas pessoas, principalmente os jovens, não têm um alfabeto bom para realizar uma leitura do que assistem. Então, é importante falar sobre isso”, completa.

Ao todo, serão exibidas 40 obras entre curtas e longas-metragens, subdivididos em três mostras: Homenagem, Panorama e Temática. “Estamos comemorando o décimo ano do festival e procuramos promover a experiência de ir ao cinema para todos, com acessibilidade no local e exibições com audiodescrição, por exemplo, para que todos pudessem desfrutar do momento”, ressalta Alexandre Pimenta.

Para montar a programação, uma curadoria especial foi criada para fazer uma revisão das edições passadas. Além disso, segundo Pimenta, houve “uma chamada dos filmes, para que os diretores inscrevessem seus trabalhos que abordam os aspectos e temáticas da mostra”.

A Mostra Cinema e Direitos Humanos é realizada em Belo Horizonte até dia 18. Entre as produções que serão exibidas estão Branco sai, preto fica, de Adirley Queirós; Meu amigo Nietzsche, de Fáuston da Silva; Silêncio das inocentes, de Ique Gazzola; Léo, de Mariani Ferreira; e Eu não quero voltar sozinho, de Daniel Ribeiro, que abre o evento nesta sexta-feira, às 15h. A programação completa está disponível no site fcs.mg.gov.br.

10ª MOSTRA CINEMA E DIREITOS HUMANOS NO MUNDO
De 13 a 18 de novembro, no Cine Humberto Mauro (Av. Afonso Pena, 1.537, Centro). Entrada franca. Informações: (31) 3236-7400.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA