Trilogia 'De volta para o futuro' completa 30 anos com lançamentos para os fãs

21 de outubro de 2015 é o dia em que os heróis da trilogia de Robert Zemeckis aterrissam em seu salto no tempo. Sessões especiais dos longas marcam a data, na próxima quarta

por Fernanda Machado 18/10/2015 11:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
UNIVERSAL PICTURES/DIVULGAÇÃO
Os atores Christopher Lloyd e Michael J.Fox em cena do filme 'De volta para o futuro', que estreou há 30 anos (foto: UNIVERSAL PICTURES/DIVULGAÇÃO)


O ano de 2015 é importante para os amantes da trilogia 'De volta para o futuro' não só porque marca os 30 anos do lançamento do primeiro filme da saga, comemorado em julho. Mas também porque foi precisamente nesse ano, num então fictício 21 de outubro de 2015, que Marty McFly, sua namorada, Jennifer Parker, e o atrapalhado Dr. Emmett L. Brown aterrissaram no futuro, na história do segundo filme da franquia.


O futuro chegou e, claro, é um pouco diferente do imaginado pelo diretor Robert Zemeckis. Os jovens ainda andam de skates de rodinhas, apesar de uma empresa japonesa já ter lançado um protótipo do tal skate voador pilotado por McFly na sequência.


Os tênis que se amarram sozinhos também não passam de uma aposta da Nike que ainda não foi lançada. E parece ser mais uma homenagem ao filme do que uma real necessidade da população mundial. E a tal viagem no tempo, sonhada por tantos, não está nem perto de virar realidade.


Mas não dá para falar que o filme erra em tudo. A versão 3D de 'Tubarão 19' pode até não existir, mas quantos filmes de heróis ou aventura estão ultrapassando a sua sexta sequência? Isso sem falar no cinema tridimensional, que tem ganhado cada vez mais produções e público nos últimos anos.


Zemeckis também acertou ao prever que a biometria seria mais utilizada – não exatamente para abrir a porta de casa, mas para saques em bancos, por exemplo – e ao idealizar os fantásticos óculos com computador embutido, bem comparáveis ao Google Glass.

 

UNIVERSAL PICTURES/DIVULGAÇÃO
Relógio da máquina do tempo programado para avançar até 2015 no filme 'De volta para o futuro 2' (foto: UNIVERSAL PICTURES/DIVULGAÇÃO)
 


Mesmo tento errado mais do que acertado, 'De volta para o futuro' continua sendo um filme cultuado. Tanto é assim que a trilogia estará de volta aos cinemas, em sessões especiais marcadas para o mesmo dia em que os personagens chegam ao futuro: 21 de outubro, a próxima quarta-feira. Em Belo Horizonte, os três longas de ficção científica serão exibidos em sessões seguidas às 17h10, 19h40 e 22h, no Pátio Savassi e no BH Shopping.

LANÇAMENTOS

Na mesma data, será lançado nos Estados Unidos o documentário 'Back in time'. Viabilizado por meio de financiamento coletivo e dirigido por Jason Aron, o documentário tem entrevistas com Michael J. Fox (Marty), Christopher Lloyd (Doctor Brown), Lea Thompson (Lorraine, mãe de Marty), Claudia Wells (Jennifer, namorada de Marty), James Tolkan (Gerald, o diretor da escola) e Donald Fullilove (prefeito Goldie Wilson), além do produtor executivo Steven Spielberg, do roteirista Bob Gale e do diretor Robert Zemeckis.


No Brasil, deve chegar às livrarias 'De volta para o futuro – Os bastidores da trilogia'. Escrito por Caseen Gaines, o almanaque reúne informações coletadas por meio de mais de 500 horas de entrevistas com elenco, produtores, roteiristas, diretor, além de fãs e críticos de cinema.


Já para ter acesso à aguardada série de quadrinhos 'De volta para o futuro', anunciada pela IDB Publishing, os brasileiros terão que esperar um pouco, pois a primeira edição da revista só chega às lojas na mítica data nos Estados Unidos. A produção, supervisionada pelo roteirista original do filme, Bob Gale, vai explorar histórias do passado de McFly e do Doctor Brown, além de outras linhas do tempo deixadas de lado pelos filmes.


A primeira edição do quadrinho contará como Marty conheceu o Doctor Brown e terá ainda outra história, ambientada em 1943, que mostra o cientista maluco envolvido no misterioso Projeto Manhattan.

 

UNIVERSAL PICTURES/DIVULGAÇÃO
O famoso DeLorean utilizado na trilogia (foto: UNIVERSAL PICTURES/DIVULGAÇÃO)
 

 

CURIOSIDADES

 

  •  A máquina do tempo, construída no possante DeLorean, deveria ser originalmente uma geladeira. A produção fez a mudança com medo de que as crianças escalassem o eletrodoméstico.
  • O icônico papel de Marty McFly ia ser vivido por Eric Stoltz, que chegou a gravar algumas cenas. Mas o diretor achou que ele não convenceria como adolescente e escalou
    Michael J. Fox.
  • O nome do Doctor Emmett Brown não é por acaso. O som
    da palavra ‘Emmett’, ao contrário, é o mesmo da palavra ‘time’ (tempo).
  • O skate não era muito usado nos EUA em 1985. Muitos creditam ao filme a popularidade do esporte no país.

 

FÃS PROFISSIONAIS

Confira a opinião sobre o filme e quem trabalha com cinema 

 

GILBERTO SCARPA
Diretor, produtor cinematográfico e roteirista

 

“Revi o filme recentemente em full HD, por coincidência. É um filme muito divertido. Lembro-me de tê-lo assistido na época, com 17 anos. Em termos de efeitos especiais era uma coisa muito avançada. Mostrava a distância que existia entre o cinema mundial e o que estava sendo produzido nos Estados Unidos. Hoje em dia, toda essa tecnologia é mais possível, temos mais acesso, inclusive no Brasil, mas na época era muito diferente.Sempre tive essa curiosidade com filmes que imaginavam o futuro. Assistia a muita ficção científica, tipo Jornada nas estrelas, mas nunca pensei em fazer um filme sobre o futuro. Acho que minhas histórias falam sobre outras coisas, tocam outros temas.”

 

IGOR AMIN
Artista multimídia, educador audiovisual e gestor sociocultural

 

“De volta para o futuro faz parte da minha infância, com toda a nostalgia dos anos 80, de assistir na Sessão da Tarde. Foi uma das primeiras produções com a qual me lembro de ter contato. Então, é marcante nesse sentido, de fazer parte dessa memória audiovisual. E para quem trabalha com cinema é sempre interessante acessar essas memórias.
O filme tem esse aspecto futurista, de deslocamento de tempo, que é um imaginário fértil para qualquer jovem. De certa forma, esse filme influenciou um dos meus trabalhos, o projeto O que queremos para o mundo?, que promove conscientização por meio do audiovisual. Em uma das etapas, temos uma oficina com crianças em que pedimos para elas imaginarem como será o mundo daqui a 30 anos, de forma mais sustentável. Tem um monte de coisa bacana. Carros movidos a energia elétrica, casas suspensas no ar para dar espaço para plantar na terra. E é exatamente o ‘pulo’ de tempo que temos no filme, 30 anos. ”

 

DE VOLTA PARA O FUTURO 1, 2 E 3
Sessões nesta quarta-feira, 21 de outubro, às 17h10, 19h40 e 22h, no Pátio Savassi
(Av. do Contorno, 6.061) e no BH Shopping (BR 356, 3.049). Ingressos: R$ 14 e R$ 7 (meia) para cada filme. Vendas nas bilheterias e pelo site www.cinemark.com.br.

 

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA