Com sessões esgotadas, 'O dia do Galo' cresce nos cinemas mineiros

Documentário sobre conquista do Atlético na Copa Libertadores conquistou público com rapidez; em BH, número de salas dobrou desde a estreia

por Ana Clara Brant 30/07/2015 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Delícia Filmes e Versão Final/Divulgação
Documentário que acompanha movimentação de torcedores no dia da final de 2013 vem lotando sessões; segundo distribuidores, taxa de ocupação das salas chega a 95% (foto: Delícia Filmes e Versão Final/Divulgação)
Assim como o Mineirão e o Independência andam lotados devido à ótima campanha do Atlético no Campeonato Brasileiro, as salas de cinema que estão exibindo 'O dia do Galo', documentário que narra a conquista do time na Copa Libertadores da América em 2013, estão no mesmo ritmo.

 

Confira horários e salas de exibição para 'O dia do Galo'

 

A primeira semana mostrou que o filme veio com tudo e está se sobressaindo, mesmo numa época de muita concorrência com os blockbusters norte-americanos.

 

“O grande sucesso é o número de espectadores por cópia e não o número absoluto de bilheteria. A taxa de ocupação é muito alta. Temos salas com 95% de ocupação e média de 80%. Isso é muito bom para um documentário, ainda mais nacional. Todas as sessões estão praticamente esgotadas e lotadas”, comemora Júlia Nogueira, responsável pela distribuição do filme.

No dia da estreia, na quinta-feira passada, 'O dia do Galo' ocupava seis salas. Hoje, já são 14. E não só em Belo Horizonte, mas também em Contagem, Sete Lagoas, Montes Claros, Uberlândia e Divinópolis. E o mais curioso é que, além de cinemas considerados alternativos, como o Cine Belas Artes, onde ele está em cinco horários, e no Cine 104, o longa de 60 minutos pode ser conferido no Paragem, no Pampulha, no Shopping Estação, no Del Rey, e agora na rede Cinemark (Pátio, Diamond Mall e BH Shopping).

 

 

Expansão
Júlia diz que a equipe esperava uma boa repercussão pelo fato de o tema ser o futebol, e focar no Atlético, que tem uma torcida extremamente apaixonada. Ela conta que os cinemas geralmente fazem ajustes na programação de uma semana para outra, mas que se surpreendeu quando, já nos primeiros dias em cartaz, alguns cinemas tiveram que fazer sessões extras e outros passaram para salas maiores ou até acrescentaram horários de exibição. O Belas Artes, inclusive, adiou o lançamento de outras produções, como o documentário brasileiro 'Tudo por amor ao cinema', de Aurélio Michiles, porque 'O dia do Galo' ganhou mais espaço na programação.

Delícia Filmes e Versão Final/Divulgação
Diretor Cris Azzi diz que filme independe de torcida: ''Chegamos a exibir para cruzeirenses e americanos antes da estreia e acho que 'O dia do Galo' não perde o seu valor para eles'' (foto: Delícia Filmes e Versão Final/Divulgação)
O diretor Cris Azzi também está feliz da vida com o êxito do seu documentário e revela que há demandas para que ele seja exibido em outras cidades, não só de Minas, como de outros estados.

 

“Essa coisa da rede social e do boca a boca estão ajudando demais. É uma coisa muito interessante. Já recebemos pedidos de São Paulo, Goiás, Brasília, Bahia, Sergipe, mas temos que dar um passo de cada vez. O primeiro fim de semana foi incrível, mas tenho certeza de que ele tem potencial para muito mais espectadores”, ressalta.

Azzi comenta que boa parte do público é formada por atleticanos que, inclusive, têm ido ao cinema com a camisa do alvinegro e até cantado o hino nas sessões. Porém, ele defende que o filme pode ser apreciado também por torcedores de outros clubes. “Chegamos a exibir para cruzeirenses e americanos antes da estreia e acho que 'O dia do Galo' não perde o seu valor para eles. Até porque, é um filme que tem uma qualidade artística e quem é apaixonado por futebol vai se identificar de certa maneira com aqueles personagens retratados. Para mim, o segredo do sucesso desse filme é que, quanto mais a gente toca em coisas íntimas para nós, mais nos aproximamos do público”, frisa.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA