Sam Mendes, diretor de 007, diz que deixará franquia após próximo filme

"Dirigir um filme de James Bond é mais uma escolha de estilo de vida do que um trabalho", afirmou

20/07/2015 17:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Foto: AFP/Ben Stansall
"Não sei se conseguiria fazer outro. Você precisa deixar tudo de lado", afirma o cineasta. (foto: Foto: AFP/Ben Stansall)
O diretor Sam Mendes, que está à frente do filme 007 contra Spectre, afirmou, em entrevista a BBC, que deixará a franquia após o lançamento do novo longa-metragem, que estreia em 29 de outubro no Brasil. De acordo com Mendes, Spectre e Skyfall foram tarefas enormes. "Não sei se conseguiria fazer outro. Você precisa deixar tudo de lado. Dirigir um filme de James Bond é mais uma escolha de estilo de vida do que um trabalho", afirma o cineasta. Em 007 contra Spectre, James Bond (Daniel Craig) recebe uma mensagem que o coloca na trilha de uma organização sinistra. Enquanto M (Ralph Fiennes) encara forças políticas para manter o serviço secreto atuante e Bond procura pistas que escondem uma terrível verdade por trás de Spectre. O elenco também conta com a participação de Naomie Harrys, Rory Kinnear, Ben Wishaw, Dave Bautista e Cristoph Waltz. E apesar de não estar na lista oficial, o ator Jesper Christiansen confirmou em entrevista ao site Euroman que voltará no papel de Mr. White. Sam Mendes também disse que a música que será o tema principal do filme já está pronta, mas não revelou quem seria o artista ou nome da música.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA