'Homem-Formiga', um super-herói que não se leva muito a sério

Filme estreia nesta quinta-feira nos cinemas brasileiros

por AFP 15/07/2015 16:21

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marvel/Divulgação
Novo filme da Marvel traz história de cientista que descobre como diminuir tamanho e aumentar força (foto: Marvel/Divulgação)
Los Angeles, Estados Unidos -
Com 'Homem-Formiga', a Disney traz para as telas um novo super-herói dos quadrinhos da Marvel, mas, dessa vez, diferente dos sisudos Thor e Capitão América, o Homem-Formiga é sarcástico e nem sempre  muito honesto.

Para Paul Rudd, que interpreta o Homem-Formiga, um super-herói com esse nome não pode se levar muito a sério.

"É alguém que voa nas costas de uma formiga, não é o Soldado Invernal e é bem consciente disso", disse em entrevista à AFP, se referindo ao arqui-inimigo do Capitão América.

"É possível se divertir com isso, não se levar muito a sério e ainda assim contar uma história emotiva", disse o ator de 46 anos e olhos verdes em uma entrevista coletiva em Los Angeles.

Para entrar no personagem, Rudd teve que aprender algumas acrobacias... e se contentar com uma amêndoa por dia para ostentar o abdômen do super-herói.
 
'Homem-Formiga' estreia nesta quinta-feira, no Brasil, e na sexta, Estados Unidos.

O filme deve impulsionar a carreira de Rudd, até agora um ator mais conhecido pelas comédias românticas ou comédias independentes de Judd Apatow.

É exatamente o que aconteceu com Chris Pratt, ator da série de comédia 'Parks & Recreation', que se transformou no ano passado na estrela de 'Guardiões da Galáxia' e de 'Jurassic world' neste ano, agora um dos nomes mais procurados da indústria do cinema no momento.

Interpretar um super-herói é como o Santo Graal que permite entrar no clube das estrelas mundiais, porque estes filmes são exibidos e venerados em todo o mundo.

Atores conhecidos por papéis dramáticos e emocionais, como Mark Ruffalo e Edward Norton, vivaram celebridades globais após interpretar Hulk, enquanto o Homem de Ferro contribuiu para relançar a carreira de Robert Downey Jr.
 
Guerra microscópica

À margem do universo dos 'Vingadores', o filme conta a história de Hank Pym (Michael Douglas), um cientista que descobre uma substância química que permite reduzir seu tamanho e aumentar sua força. E graças a seu poder mental, o Homem-Formiga pode também controlar exércitos de formigas.

Mas seu ex-aluno Darren Cross (Corey Stoll, conhecido pela série 'House of Cards'), consegue reproduzir sua descoberta e quer vender esse exército para traficantes de armas.

Dimitrios Kambouris/Getty Images/AFP
Paul Rudd vive o protagonista do filme que estreia nesta quinta-feira (foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images/AFP )
Hank Pym, já idoso, elege Scott Lang, um ladrão de pouca expressão recém- saído da prisão, como o Homem-Formiga que salvará o planeta.

O filme joga visualmente com as dimensões, quando Scott Lang evolui da escala humana ao infinitamente pequeno, chegando ao microscópico.

O filme do diretor Peyton Reed acentua os efeitos cômicos, em particular através do ator de origem mexicana Michael Peña, que encarna um ladrão amigo de Lang.

Paul Rudd, que se diz um fã moderado dos quadrinhos de super-heróis quando criança, entende que esses personagens fascinam o grande público.

Para ele, permitem escapar da vida cotidiana, ainda que os super-heróis sejam "muitas vezes complexos e cheios de conflitos internos, como Hulk".

"Esses personagens foram criados por pessoas inteligentes (...) E quando é agregada a dimensão fantástica, a força, a capacidade de voar, a invisibilidade... Se constrói um universo verdadeiramente divertido de explorar".
 
Assista ao trailer de 'Homem-formiga':
 
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA