Lugares escuros apresenta Charlize Theron em trama de suspense

Reviravoltas mirabolantes marcam o roteiro do longa

25/06/2015 19:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
Libby revisita fantasmas do passado e questiona suas escolhas (foto: Divulgação)
Reviravoltas mirabolantes no roteiro. Cenas de deixar o espectador sem fôlego. Fotografia escura e trilha sonora angustiante. Os elementos de um filme de suspense estão todos lá. Mas Lugares escuros, de Gilles Paquet-Brenner, vai além e se revela um drama. E dos bons. "É cômico. Você está tão encarcerada como eu", dispara Ben - preso há 28 anos acusado de matar a mãe e duas irmãs quando adolescente - à irmã sobrevivente Libby (Charlize Theron, também produtora do filme). Responsável pelo testemunho que incriminou Ben, Libby tinha 8 anos à época da chacina e se vê presa ao passado, envolta em dúvidas sobre o que realmente aconteceu e em dívidas, já que ela vive às custas do crime e a notoriedade está acabando. Incentivada por Lyle, líder de um grupo que tem a estranha mania de colecionar tudo sobre crimes chocantes, Libby revisita o passado, reencontra fantasmas antes adormecidos e se depara com a questão primordial do longa: somos responsáveis pela prisão ditada por nossas escolhas. Dispensáveis e de ligeiro mau-gosto, as cenas de rituais satânicos dos quais Ben participa poderiam ficar apenas nos relatos de Libby a Lyle e à Polícia. Confira o trailer de Lugares escuros:


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA