Em produção há 20 anos, 'Chatô, O Rei do Brasil' pode virar série de TV

Trama que mostra a vida do magnata da comunicação Assis Chateaubriand foi dirigida pelo ator Guilherme Fontes

por Diário de Pernambuco 26/05/2015 10:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Reprodução
Marco Ricca e Andreia Beltrão em cena de 'Chatô' (foto: YouTube/Reprodução)
Após atrasos e problemas na justiça, a produção 'Chatô, O Rei do Brasil' deve finalmente sair neste ano. Além da versão para os cinemas, o diretor Guilherme Fontes também pode preparar uma versão para a TV, a ser exibida pela Globo. Segundo a coluna 'Outro Canal', a série deve ter dez episódios, com cenas que não entraram no corte para os cinemas. 'Chatô', no entanto, continua sem data de lançamento.

No início do mês, começou a circular na internet uma versão do trailer do filme, divulgada pelo escritor Fernando Morais, autor da biografia que baseou o filme. O filme, que conta a história do jornalista e empresário Assis Chateaubriand, fundador dos Diários Associados, estava em processo de produção há cerca de 20 anos. O vídeo, inclusive, chama a atenção pelos atores, que aparecem bem mais jovens do que atualmente.

ENTENDA O CASO
Em 2012, Guilherme Fontes foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) a pagar uma indenização de mais de R$ 2,5 milhões à Petrobras Distribuidora e à Petrobras S/A, com correção monetária e juros. O ator recebeu das empresas recursos para realizar o filme, nos anos de 1990, e não finalizou o projeto.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA