Mostra de Cinema de Tiradentes revela indicados

Competição dedicada a produções mais ousadas e de novos realizadores selecionou representantes do Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Distrito Federal e Rio de Janeiro

por e Carolina Braga 20/12/2014 12:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Tulio Santos/EM/D.A Press
(foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)
Minas não terá representantes na Mostra Aurora na próxima edição da Mostra de Cinema de Tiradentes. A competição dedicada a produções mais ousadas e de novos realizadores selecionou representantes do Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Distrito Federal e Rio de Janeiro. O vencedor entre os sete escolhidos receberá o Prêmio Itamaraty, de R$ 50 mil, além do Troféu Barroco e de serviços e materiais cinematográficos de parceiros do evento. O festival será realizado entre 23 de janeiro e 1º de fevereiro na cidade do Campo das Vertentes.

Serão exibidos sete longas inéditos: 'A casa de Cecília' (RJ), de Clarissa Appelt; 'Mais do que eu possa me reconhecer' (RJ), de Allan Ribeiro; 'Medo do escuro' (CE), de Ivo Lopes Araújo; 'O signo das tetas' (MA), de Frederico Machado; 'Ressurgentes: um filme de ação direta' (DF), de Dácia Ibiapina; 'Teobaldo morto, Romeu exilado' (ES), de Rodrigo de Oliveira; e 'O animal sonhado' (CE), do coletivo formado por Breno Baptista, Luciana Vieira, Rodrigo Fernandes, Samuel Brasileiro, Ticiana Augusto Lima e Victor Costa Lopes.

“Temos três filmes físicos, concentrados na ação do corpo em seus espaços em deslocamento, que são 'O signo das tetas', 'Ressurgentes: Um filme de ação direta' e 'Medo do escuro'; um em que o corpo é dos elementos centrais, em meio ao sexo e a encontros e desencontros, O animal sonhado; e três filmes sobre isolamento e quebra de solidão, com os corpos se escondendo e tendo de interagir, como ocorre em Teobaldo morto, Romeu exilado, A casa de Cecília e Mais do que eu possa me reconhecer, aponta Cléber Eduardo, responsável pela curadoria, ao lado de Francis Vogner dos Reis.

A Aurora é uma das seleções mais prestigiadas da Mostra de Cinema de Tiradentes justamente por apostar em novos autores.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA