Nos cinemas, 'Quero matar meu chefe 2' é divertido e leve

Filme tem elenco forte com Jason Bateman, Jason Sudeikis, Charlie Day, Kevin Spacey, Jamie Foxx, Jennifer Aniston e Christoph Waltz

por e Helvécio Carlos 07/12/2014 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

John P. Jonhson/Divulgação
O tempo passou e eles continuam querendo matar o chefe, só que agora trabalham juntos (foto: John P. Jonhson/Divulgação )
Três anos depois de tentativas desastradas de se livrarem de seus chefes, Nick (Jason Bateman), Kurt (Jason Sudeikis) e Dall (Charlie Day) continuam na luta por dias melhores. Só que agora, em Quero matar meu chefe 2, o trio está à frente de seu próprio negócio e precisa se virar contra um empresário picareta, que os colocou em uma roubada. O problema é que os rapazes, que de espertos não têm nada, continuam trocando os pés pelas mãos e decidem se vingar sequestrando o filho do cara. Ruim para eles, bom para a plateia, que se diverte bastante. Nada comparado ao filme de origem, mas o longa tem lá sua boa dose de humor.

Nick, Kurt e Dall não são os únicos personagens que continuam na história. Julia (Jennifer Aniston), a dentista viciada em sexo e cada vez mais louca para dar um pega em Dall, está em cena. Mas ele, fidelíssimo à mulher, agora com trigêmeos, continua fugindo da moça. O bandido MJ Jones (Jamie Foxx), cujo único grande delito na carreira foi ter pirateado cópias do filme Neve sobre os cedros, de Scott Hicks, acaba sendo uma mão na roda para os rapazes. Dave (Kevin Spacey), ex-chefe de Nick, aparece na cadeia, onde cumpre pena de 25 anos pelo assassinato de Bobby Pellit, filho do ex-chefe de Kurt.

Se o roteiro não é tão divertido quanto o do filme anterior, em Quero matar meu chefe 2, a inclusão de dois novos personagens, o empresário e seu filho, garante bons momentos com a interpretação de Christoph Waltz e Chris Pine.

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA