Marisa Tomei completa 50 anos: relembre carreira da atriz vencedora do Oscar

De um início desastrado ao status de estrela, artista sempre buscou diversificar seus desafios na interpretação

por Fernanda Machado Agência Estado 04/12/2014 17:40

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

20th Century Fox
Marisa em 'Meu primo Vinny' (1992), filme que a projetou e rendeu-lhe um Oscar (foto: 20th Century Fox)
Marisa Tomei já havia feito pequenas participações em filmes que passaram despercebidos. E aí, em 1991, Sylvester Stallone resolveu fazer uma comédia - 'Oscar'. No Brasil, chamou-se 'Minha filha quer casar'. Marisa fez sua filha. Os críticos caíram matando - no filme, no ator, na jovem atriz. Ela chegou a ser indicada para a Framboesa de Ouro, como pior atriz. Mas para algo serviu o papel. Deu-lhe visibilidade e, no ano seguinte, Marisa coestrelou 'Meu tio Vinny', com Joe Pesci. Dessa vez, ganhou o MTV Award como atriz revelação e o Oscar de melhor atriz coadjuvante.

Filha de uma professora de inglês, do Brooklyn, a garota de origem italiana cresceu atormentada pela mãe, que lhe cobrava quando não pronunciava as palavras direito. Marisa hoje admite que a mãe estava certa. Para uma atriz, que ela já queria ser, falar errado não ia ajudar nem um pouco. Nascida em 4 de dezembro de 1964, Marisa Tomei completa agora 50 anos.

 

Talvez ela não tenha cumprido integralmente a promessa de seu Oscar, em 1992, mas faz meio século de existência com um currículo bem interessante. Apareceu em séries como 'A different world' e 'Seinfeld', filmes de diretores autorais como Sidney Lumet e Darren Aronofsky. Foi indicada a vários prêmios (Bafta, Globo de Ouro, Oscar de novo).

E ela tem ousado. Em 'Antes que o diabo saiba que você está morto' de Lumet, protagonizou cenas bem fortes de sexo com Philip Seymour Hoffman. Chegou a aparecer nua. Em 'O lutador', de Aronofsky, fez uma stripper e também teve cenas marcantes com Mickey Rourke, mas como o filme marcou a ressurreição do ator a mídia ficou mais ligada na atuação dele. Em 'Amor à toda prova', voltou a exibir seu timing de comediante ao lado de Steve Carrell e Ryan Gosling.

Divulgação
Atriz esbanjou sensualidade para cena de striptease em 'O lutador' (2008) (foto: Divulgação)

Talvez por ser latina, e ter dupla nacionalidade - italiana e norte-americana -, Marisa virou ativista contra o presidente George W. Bush. Dizendo que transformara os EUA num país assustador, chegou a cogitar de abandonar a 'américa'.

Marisa fez teatro - o revival de 'Um clarão nas trevas', que foi filmado com Audrey Hepburn, e 'Salomé'. E em 2009, aos 45 anos, ficou bem colocada - em 18º lugar - na lista das mulheres mais sexys do mundo da revista FHM. O papel no filme de Lumet, dois anos antes, com certeza contribuiu para isso. Marisa tem um irmão ator, Adam Tomei. Três anos mais jovem que ela, apareceu nos filmes 'O show de Truman - O show da vida', 'Independence Day' e 'O voo'.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA