Brasileiros são indicados ao 'Oscar' do cinema independente

Premiação do Spirit Awards acontece em 21 de fevereiro de 2015. Entre os indicados está o documentário sobre vida e obra de Sebastião Salgado

por Luciana Amaral 27/11/2014 11:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
Cena do filme 'O Sal da terra' (foto: Divulgação)
Dois brasileiros, Juliano Salgado e Maurício Zacharias, foram indicados para o Independent Spirit Awards de 2015 nas categorias 'Melhor documentário' e 'Melhor roteiro', respectivamente. Juliano Salgado, junto ao cineasta alemão Wim Wenders, dirigiu o documentário 'O Sal da Terra', que conta bastidores da vida pesssoal e profissional do pai, o fotógrafo Sebastião Salgado. São retratados projetos e fotografias.

'O Sal da Terra' foi aplaudido de pé e levou um prêmio do júri no Festival de Cannes, na França, em maio deste ano. Ele ainda abriu o Festival do Rio, em setembro.

Já o roteirista Maurício Zacharias, indicado para 'Melhor roteiro', escreveu a história do filme 'Love is strange' ao lado do também diretor do longa, Ira Sachs. Ele conta a vida de um casal homossexual em Nova York que se casa, mas é forçado a morar em casas separadas após um dos dois ser demitido, colocando o apartamento à venda para procurar um lugar mais barato.

A parceria entre Zacharias e Sachs rendeu a ambos outra indicação ao Spirit Awards em 2012 para 'Melhor filme', com 'Deixe a luz acesa'. Na edição anterior, o prêmio foi para o longa 'O lado bom da vida'.

A cerimônia de premiação vai acontecer em 21 de fevereiro de 2015, em Santa Mônica, Califórnia. Criado em 1984, o Spirit Awards é considerado o mais importante prêmio do cinema independente mundial. Para poder ser indicado, alguns requisitos são ter pelo menos 70 minutos, ter custado menos de US$ 20 milhões e ter participado de um entre os seguintes festivais: Sundance, Toronto, Telluride, Los Angeles, Nova York e New Directors/New films.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA