Filme inacabado de Orson Welles poderá ser lançado em 2015

'The other Side of the Wind' irá para as telonas depois de muia burocracia

por AFP 25/11/2014 16:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
(foto: Divulgação )

O último filme dirigido por Orson Welles, o inacabado 'The other Side of the Wind', poderá ser lançado em 2015, por ocasião do centenário do diretor, após décadas de um imbróglio jurídico.

 

O filme, cultuado pelos cinéfilos, foi rodado entre 1970 e 1976 e acompanha uma festa de aniversário em Hollywood de um velho cineasta americano (interpretado por John Huston), que tem dificuldades para concluir seu último filme frente a nova geração de cineastas.  'The other Side of the Wind', cujo roteiro foi assinado por Orson Welles e Oja Kodar, a última companheira do diretor (morto em 1985), foi filmado em três formatos de acordo com as cenas: 35, 16 e 8 mm. As bobinas originais, mil caixas no total, foram conservadas na França pela produtora Les Films de l'Astrophore, de acordo com informações publicadas pelo jornal Le Monde e a revista L'Express. A nova proprietária, Françoise Widhoff, os vendeu em 2012 a um produtor alemão, Jens Koethner Kaul. O valor da transação? "Um strudel de maçã", segundo relatou Widhoff à AFP.

 

O alemão se juntou a dois outros produtores, o americano-polonês Filip Rymsza, diretor da Royal Road Entertainment, e o americano Frank Marshall, que produziu vários filmes de Spielberg. De acordo com o produtor alemão, "o filme está praticamente montado. Falta-lhe um trabalho criativo de finalização. Nós já temos um diretor (Orson Welles). Agora, precisamos de um 'artista da edição'". "Estamos discutindo com várias pessoas", acrescentou o produtor, que quer um talento tanto europeu quanto americano. Orson Welles, que deixou vários filmes inacabados, "deixou instruções para que Oja Kodar supervisionasse" o trabalho.

 

De acordo com o Le Monde, o ator e diretor Peter Bogdanovich assegura que Orson Welles havia o instruído a terminar o filme. Jens Koethner Kaul quer que todos se reúnam em Los Angeles em fevereiro ou março para discutir a conclusão deste trabalho, para que ele possa ser apresentado em maio, exatamente cem anos após o nascimento do diretor americano. E por que não em Cannes, diz ele.

 

O orçamento do trabalho é estimado entre 4 e 5 milhões de dólares. Segundo o produtor alemão, "'The other Side of the Wind' muda nossa perspectiva sobre Orson Welles". Ele inclui, por exemplo, cenas de sexo explícito, que vão ao encontro da imagem relativamente puritana do cineasta.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA