Estreias de 2014 mostram que spin offs estão em alta em Hollywood

Cenários e personagens de filmes consagrados voltam às telas em produções derivadas, como Harry Potter e Star Wars

por Alexandre de Paula 27/10/2014 09:33

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
Coadjuvante na franquia de 'Demolidor', 'Elektra' não rendeu boas bilheterias (foto: Divulgação)
No mundo da cultura pop, os fãs fervorosos levam para a vida inteira os detalhes de filmes, séries e livros favoritos, além de tudo que cerca essas produções. Da mesma forma, produtoras não querem deixar de lado aquilo que lhes rendeu tanto. É desse movimento que surgem os spin-offs — termo usado para dar nome a algum produto derivado de outro, como séries, filmes ou jogos, que nasceram do universo de outras obras.

A nova produção pode trazer um personagem de volta ou só se passar no mesmo ambiente que o original — as possibilidades para os spin-offs são muitas. Um exemplo: em uma história de super-heróis, aquele coadjuvante simpático que consegue destaque mesmo diante do brilho do protagonista ganha, tempos depois, um longa só para ele.

Para os fãs de algumas obras cinematográficas, 2014 foi um ano de boas notícias. Estúdios confirmaram a produção de spin-offs de franquias que já levaram milhões às salas de cinema. Além das confirmações, estreou, em outubro, o longa de terror 'Annabelle', derivado de 'Invocação do mal'.

Divulgação
A trupe de 'Harry Potter' ganhará novas aventuras (foto: Divulgação)
Um dos casos mais recentes foi a divulgação de que a Warner produzirá novos longas derivados do universo de 'Harry Potter'. Com roteiros escritos pela própria J.K. Rowling — autora dos livros —, Animais fantásticos e onde habitam dará origem a três filmes que trazem de volta às telas o mundo mágico do bruxinho.

Os estúdios Disney também confirmaram neste ano a produção de derivados da franquia de 'Star Wars'. Além dos novos episódios que darão sequência à narrativa de 'Guerra nas Estrelas', haverá três filmes para alguns dos personagens da trama. Ainda não há certeza de quem serão os escolhidos para estrelar os spin-offs, mas Han Solo, Mestre Yoda e Obi-Wan Kenobi são alguns dos personagens citados nos bastidores do mundo cinematográfico.

A franquia dos mutantes liderados pelo professor Xavier é outro caso em que os spin-offs proliferaram. Depois de Wolverine, foi a vez de confirmarem que outro herói do grupo brilhará em um filme solo. Deadpool foi anunciado neste ano e está previsto para estrear em fevereiro de 2016. O ator Ryan Reynolds deve retornar ao papel (assim como no primeiro longa de Wolverine).

A saga 'Crepúsculo' também entrou na onda das novas produções derivadas dos filmes originais. No início deste mês, foram anunciados cinco curtas das histórias dos vampiros de Stephenie Meyer. Eles serão exibidos apenas nas redes sociais.

Divulgação
Com grande quantidade de heróis, 'X-men' é um prato cheio para a produção de spin-offs (foto: Divulgação)
Jogada de risco

Se produzir um spin-off pode ser garantia de que boa parte dos fãs comparecerá em peso aos cinemas, agradar ao público e à crítica que esperam muito do universo conhecido pode ser uma dificuldade. “O risco de se fracassar é tão grande quanto a expectativa”, afirma o professor e especialista em cinema da Universidade Estadual de Campinas Alfredo Luiz Suppia.

“Logicamente, um filme que tenha feito boa carreira desperta a cobiça de produtores”, afirma Suppia. O professor enfatiza, no entanto, que o fato de se derivar de grandes sucessos não quer dizer que a nova produção será, sem dúvida, exitosa.

O que define, de fato, se o projeto terá sucesso ou não, segundo o professor, são a experiência e a qualidade de quem está à frente do projeto, segundo o especialista.

Os que não deram certo

Apesar de o sucesso do universo cinematográfico do qual derivam garantir algum retorno certo de bilheteria, veja exemplos de spin-offs que deixaram críticos e fãs desapontados

'X-men Origens: Wolverine'
Considerado por muitos como o pior filme dos mutantes liderados pelo professor Xavier, o longa que narra o começo da trajetória de Wolverine é odiado pela maioria dos admiradores dos x-men

'Hannibal — A origem do mal'
Compensar a ausência de Anthony Hopkins (que ficou marcado no papel do serial killer) já é um desafio. O longa que conta os primeiros passos do assassino na juventude não agradou a críticos e a fãs, que o consideram inferior ao resto da série

'Elektra'
Derivado de Demolidor, o filme não conseguiu agradar à maioria dos espectadores. Os críticos também não perdoaram os defeitos do longa. Elektra decepcionou, ainda, em bilheteria, alcançado apenas o quinto lugar no fim de semana de estreia

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA