Cineasta italiano Pasolini ganha homenagem no Museu Inimá de Paula

Serão exibidos os filmes 'Decameron', 'Os contos de Canterbury' e 'As mil e uma noites'

por Fernanda Machado 23/10/2014 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP
Pier Paolo Pasolini no set de filmagens, em 1962 (foto: AFP)
O cineasta italiano Pier Paolo Pasolini (1922-1975) ganha homenagem no Museu Inimá de Paula. Idealizada pelo escritor Matheus Ferraz, pequena mostra de filmes se propõe a divulgar a obra do diretor, que nada tem de hermética, de acordo com o organizador.

O público poderá conferir 'Decameron' (1971), que aborda temas como a moral, o divino e a força da natureza. 'Os contos de Canterbury' (1972) parte da caminhada de peregrinos rumo a uma catedral para celebrar o sexo e o prazer. 'As mil e uma noites' fala de erotismo e amor por meio da paixão de um jovem pela escrava que o escolheu como mestre.

Pier Paolo Pasolini assumiu sua homossexualidade e enfrentou o preconceito – na arte e na vida. Seus filmes não temiam a nudez, confrontavam a hipocrisia e questionavam o poder. Alguns deles chegaram a ser proibidos nos EUA.

No Brasil, a obra de Pasolini foi exibida mais amplamente depois da abertura política, na década de 1980. O cineasta morreu em 1975, brutalmente assassinado.

PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira
18h45 – Decameron

Sábado
14h – Os contos de Canterbury
16h – As mil e uma noites

. Museu Inimá de Paula, Rua da Bahia, 1.201, Centro. Entrada franca. Classificação: 18 anos

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA