Exibição de filmes com chance de vaga no Oscar começa a ser programada

Como de praxe, imprensa especializada já especula sobre o quadro de possíveis indicações

por Yale Gontijo 20/10/2014 10:27

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
'Interestelar' pode render a segunda indicação do diretor Christopher Nolan (foto: Divulgação)
Os estúdios norte-americanos começam a lançar no mercado os filmes considerados apostas para os prêmios Oscar do ano que vem. E, como de praxe, a imprensa especializada passou a especular sobre o quadro de possíveis indicações. O futuro é uma incógnita, mas as simulações indicam uma disputa entre cineastas veteranos, velhos conhecidos da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

'Garota exemplar', de David Fincher ('A rede' e 'O clube da luta'), foi a primeira das películas na lista a aparecer no circuito exibidor brasileiro e está atualmente em cartaz. Nos EUA, a fita tem conseguido um feito duplo: seduzir a crítica cinematográfica e conquistar bons números de bilheteria. Não é o único da lista a que as plateias brasileiras já tiveram acesso. Possivelmente, um dos filmes mais aguardados do ano, 'Boyhood', de Richard Linklater é um projeto colossal de cinema que reuniu equipe e elenco ao longo de 12 anos para filmagens esparsas. O resultado de tanto esforço pode merecer um tratamento respeitoso do Oscar.

'Homem-pássaro', de Alejandro Gonzalez Iñarritu ('Babel' e '21 gramas') teve uma pré-estreia badalada este mês nos EUA, com a presença do elenco estelar capitaneado pela dupla, Michael Keaton e Edward Norton. Mas a recepção à comédia sarcástica de Iñarritu durante a última edição do Festival de Veneza, na Itália, demonstra uma certa desconfiança em relação ao tom da película sobre um ex-ator que pretende ensaiar um retorno triunfal aos palcos da Broadway.

A longa trajetória de Clint Eastwood na sétima arte — e a experiência na direção de projetos premiados em anos anteriores como 'Cartas de Iwo Jima' (2006) e 'Menina de ouro' (2004) — praticamente garantem a presença de Mr. Eastwood na edição 2015 com um novo filme de guerra, 'American sniper' (ainda sem título no Brasil).

Por fim, a ciência adivinhatória dá quase como certa a indicação de 'Interestelar' como um dos concorrentes. Caso o lobby desta ficção científica dê certo, o projeto dirigido por Christopher Nolan, pode render a segunda indicação do britânico na categoria Melhor direção. É bom lembrar que a ausência de Nolan no quadro de indicados da categoria na época de lançamento de 'A origem' (2010) frustrou a expectativa dos fãs.

Há uma acolhida — ainda tímida — feita pelos analistas de Los Angeles ao drama de guerra dirigido por Angelina Jolie tido como um tapa buraco na categoria melhor filme onde deverão constar 10 títulos. No entanto, a influência da intérprete e produtora pelas colinas na terra dos grandes estúdios não deve ser ignorada.

Vale uma ressalva a um esquecimento gritante nas cogitações pré-Oscar. A ausência de 'Era uma vez em Nova York' em listas especulativas parece ser o reflexo de um período do cinema comercial hollywoodiano (e da imprensa especializada) focado na histeria do cinema de efeitos e roteiros mirabolantes, feito na medida para escamotear a delicadeza criadora do cineasta de 'Amantes' (2008).

Figurinhas repetidas
Com essa relação de filmes e seus nomes no elenco, é possível conjecturar sobre os concorrentes em outras categorias escolhidas pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. E as previsões não acenam para “alternância de poder” na meca do cinema norte-americano. Matthew McConaughey pode emendar um bicampeonato caso seja escolhido como melhor protagonista da temporada pelo desempenho em 'Interestelar'. Enquanto Bradley Cooper (indicado por dois anos seguidos por 'O lado bom da vida' e 'Trapaça', ambos dirigidos por David O. Russel) talvez consiga, finalmente, colocar a mão na estatueta.

Uma observação: não há sinal de Leonardo DiCaprio no horizonte. Os dois filmes em que o nome do ator foi anunciado ainda estão em produção ou pré-produção. Nos papéis femininos, Jessica Chaistain (reconhecida em premiações como o Globo e Ouro e ignorada pelo Oscar por 'A hora mais escura') pode vir a concorrer pelo desempenho em 'Interestelar'. Enquanto Naomi Watts e Emma Stone estão em 'Homem-pássaro', só para citar alguns exemplos de possibilidades do que será a configuração do tabuleiro da Academia.

Tem chances


Boyhood
De Richard Linklater. Enquanto trabalhava com a trilogia romântico-indie — 'Antes do amanhecer' (1995), 'Antes do pôr-do-sol' (2004) e 'Antes da meia noite' (2013) — o diretor Richard Linklater cuidou das filmagens de uma produção feita ano a ano, durante mais de uma década. O projeto mais ambicioso de Liknklater é de uma simplicidade tocante: acompanhar o crescimento de um menino ao longo de 12 anos. A primeira exibição do filme no Brasil aconteceu durante o Festival do Rio em outubro com todas as sessões esgotadas antecipadamente.
Previsão de estreia: 6 de novembro



Homem-pássaro

De Alejandro González Iñárritu. Ao lado do conterrâneo espanhol, Alfonso Cuarón de 'Gravidade'), Iñarritu ensaia um novo fôlego para os cineastas vindos da Espanha em terras hollywoodianas. Além disso, a comédia dark, pode prover o renascimento do ator Michael Keaton como protagonista.
Previsão de estreia: 15 de janeiro de 2015



Garota exemplar
De David Fincher Estrelado por Ben Afleck, esse thriller de Fincher é, atualmente, o campeão de bilheteria nos Estados Unidos.
Em cartaz.



Interstelar
De Christopher Nolan. Nolan já foi visto como um autor mágico capaz de tramas intricadas de advinhação. Depois de comandar a trilogia que recuperou o herói dos quadrinhos, o Batman (e assinar seu atestado de óbito como um cineasta autoral), o diretor inglês parece querer retornar ao ponto de partida dirigindo um drama sci-fi, estrelado por Matthew McConaughey.
Previsão de estreia: 6 de novembro



American sniper

De Clint Eastwood. O veterano ator e diretor Clint Eastwood condensa uma cinematografia ligada a temas sensíveis da sociedade americana como imigração e guerras bélicas. Desta vez, Eastwood (notório representante do partido republicano) dedica-se a esquadrinhar a vida de um fuzileiro naval do (Bradley Cooper), assassino confesso de pelo menos 150 vidas em nome do exército dos EUA.
Sem previsão de estreia



AZARÃO

Invencível

De Angelina Jolie. A segunda investida da atriz Angelina Jolie na direção de longas-metragens narra a história real do atleta olímpico, Louis Zamperini, feito prisioneiro durante a 2ª Guerra Mundial, depois de sofrer uma queda de avião no mar. Espera-se uma trama lacrimosa dirigida pela primeira dama das causas humanitárias.
Previsão de estreia: 15 de janeiro de 2015

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA