Emma Watson e Daniel Brühl estrelarão filme sobre ditadura militar no Chile

Atriz de 'Harry Potter' e ator de 'Bastardos inglórios' formam par romântico em drama histórico

por AFP 29/09/2014 20:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP PHOTO
(foto: AFP PHOTO)
A atriz britânica Emma Watson e o ator hispano-alemão Daniel Brühl protagonizarão o filme 'Colônia', baseado em fatos ocorridos durante a ditadura vivida pelo Chile entre 1973 e 1990, informou a produtora responsável nesta segunda-feira, 29. Brühl viverá Daniel, um jovem detido pela temida Direção de Inteligência Nacional - ou DINA -, o serviço secreto do ditador Augusto Pinochet após o golpe que depôs o presidente socialista Salvador Allende.

Sua namorada Lena, interpretada por Emma, procura por ele desesperadamente nos centros de detenção até encontrá-lo na chamada Colônia Dignidade. "A Colônia é um lugar que parece uma instituição de caridade dirigida pelo pastor Paul Schäfer, mas, na verdade, é um lugar de onde ninguém escapa", explicou a produtora em um comunicado.

Apesar dos perigos, Lena decidirá entrar na instituição para ficar com Daniel. O filme será dirigido pelo alemão Florian Gallenberger. Em 2001, ele ganhou o Oscar de melhor curta por 'Quiero ser', um roteiro escrito com Torsten Wenzel. O filme será rodado em Munique, Berlim, Luxemburgo e em vários pontos da América do Sul até o final do ano.

Conhecido por sua atuação em 'Bastardos inglórios' (2009) e em 'Adeus, Lenin!' (2003), Brühl foi indicado este ano ao Globo de Ouro como melhor ator coadjuvante por 'Rush - no limite da emoção'. Emma Watson, que viveu a bruxinha Hermione Granger na franquia 'Harry Potter', acaba de estrear como embaixadora da Boa Vontade da agência ONU Mulheres.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA